Conecte-se conosco

Esporte

Brasileira fica perto do pódio na abertura do Grand Slam de Tashkent

A seleção brasileira de judô finalizou sem medalhas o primeiro dia do Grand Slam de Tashkent (Uzbequistão). Seis judocas estiveram no tatame nesta sexta-feira

Publicado

em

A seleção brasileira de judô finalizou sem medalhas o primeiro dia do Grand Slam de Tashkent (Uzbequistão). Seis judocas estiveram no tatame nesta sexta-feira (5) e Larissa Pimenta foi quem mais chegou perto, ganhando os três primeiros combates por ippon (golpe perfeito, em que o atleta derruba o adversário de costas e vence a luta). Na semifinal da categoria até 52 quilos, ela acabou perdendo para a japonesa Uta Abe, campeã mundial, e sofreu outra derrota na disputa pelo bronze para a sul-coreana Bokyeong Jeong. A japonesa levou o ouro.

Na categoria até 57 quilos, Jéssica Pereira superou a uzbeque Shukurjon Aminova e a russa Daria Mezhetskaia, perdendo da japonesa Momo Tamaoki (que foi a campeã do peso) nas quartas de final. Na repescagem, a brasileira parou na sérvia Marica Perisic. Na mesma categoria, Ketelyn Nascimento foi superada na estreia pela sul-coreana Jisu Kim.

Outro judoca do país a ganhar duas vezes nesta sexta-feira foi Felipe Kitadai, na categoria até 60 quilos. Ele passou pelo norte-americano Adonis Diaz e pelo ucraniano Artem Lesuik, mas levou um ippon de Jaba Papinashvili nas oitavas. Pelo mesmo peso, Eric Takabatake perdeu no primeiro combate para o uzbeque Kemram Nuriallev (que conquistou o bronze).

Na categoria até 48 quilos, Gabriela Chibana caiu por wazari (golpe em que o judoca cai com parte das costas no tatame e rende um ponto) para a belga Anne Jura, na luta de estreia. Foi a primeira competição da brasileira após uma cirurgia no ligamento cruzado anterior do joelho, devido a uma lesão sofrida nos treinos da seleção nacional em Portugal, em 2020.

O Grand Slam de Tashkent segue no sábado (7) com mais seis brasileiros no tatame: Aléxia Castilhos (categoria até 63 quilos), Ellen Santana (até 70 quilos), Marcelo Contini, Eduardo Barbosa (ambos até 73 quilos), Eduardo Yudy Santos e Guilherme Schimidt (ambos até 81 quilos). No domingo (8), o Brasil encerra a participação no evento com Beatriz Souza (acima de 78 quilos), Rafael Buzacarini (até 100 quilos), Rafael Silva e David Moura (ambos acima de 100 quilos).

O campeão do evento vai ganhar mil pontos no ranking, fundamentais na briga por vaga na Olimpíada de Tóquio (Japão). Antes dos Jogos, estão previstos mais três Grand Slams, em Tbilisi (Geórgia), Antalya (Turquia) e na Rússia (ainda sem local definido); o Campeonato Pan-Americano em Córdoba (Argentina), entre 16 e 18 de abril; e o Mundial de Budapeste (Hungria), entre 6 e 13 de junho.

Gustavo Faria

Continue lendo

Esporte

Libertadores: Fla luta por vaga nas quartas com Defensa y Justicia

O Flamengo faz na noite desta quarta-feira

Publicado

em

O Flamengo faz na noite desta quarta-feira (21) o segundo e decisivo jogo contra o Defensa y Justicia (Argentina), pelas oitavas de final da Copa Libertadores da América. O duelo, às 21h30 (horário de Brasília), contará com presença de público no estádio Mané Garricha, no Distrito Federal. O confronto será transmitido ao vivo pela Rádio Nacional, com narração de André Luiz Mendes, comentários de Waldir Luiz e plantão de notícias com Bruno Mendes.

A comercialização de ingressos foi permitida para 25% da capacidade do estádio, o equivalente a cerca de 18 mil torcedores. A entrada estará autorizada apenas aos torcedores que comprovarem a imunização completa (segunda dose da vacina contra a covid-19 ou dose única) ou apresentarem exame PCR com resultado negativo.

Como no duelo de ida os rubro-negros venceram por 1 a 0 em Santa Rosa, província de Grande Buenos Aires (Argentina), um simples empate será o suficiente para classificação do time carioca. Caso os argentinos vençam por 1 a 0 na noite de hoje (21), a vaga para as quartas de final será decidida em cobranças de pênaltis. Para o Defensa passar de fase no tempo regulamentar, terá de vencer por dois gols ou mais de vantagem, ou triunfar por um gol de diferença, diferente de 1 a 0.

Além de ter vencido a primeira partida das oitavas, o Flamengo vem embalado após vencer o Bahia por 5 a 0 no último domingo (18) pela 12ª rodada da Série A do Campeonato Brasileiro. Além disso, os cariocas engataram a terceira vitória consecutiva (Chapecoense, Defensa y Justicia e Bahia) contra os baianos, as duas últimas sob o comando de Renato Gaúcho, contratado como técnico no último dia 12 para substituir Rogério Ceni.

Quem joga
Para a partida desta noite, Renato Gaúcho poderá contar com os retornos do zagueiro Rodrigo Caio e do atacante Bruno Henrique, recuperados de problemas físicos. A dupla deve começar no time titular. Desta forma, Michael volta para o banco de reservas. Já na zaga, Léo Pereira e Gustavo Henrique disputam vaga para saber quem começa jogando. A provável escalação deve ser com Diego Alves, Mauricio Isla, Rodrigo Caio, Gustavo Henrique (Léo Pereira) e Filipe Luís; Willian Arão, Diego, Everton Ribeiro, Arrascaeta, Bruno Henrique e Gabigol.

Continue lendo

Esporte

Atlético-MG e Boca Juniors decidem nesta terça-feira

Atlético-MG e Boca Juniors decidem nesta terça-feira (20), às 19h15min

Publicado

em

Atlético-MG e Boca Juniors decidem nesta terça-feira (20), às 19h15min, no Mineirão, quem avança às quartas de final da Copa Libertadores da América. O jogo de ida terminou com o empate em 0 a 0, em Buenos Aires (Argentina). As duas equipes adotaram estratégias diferentes em seus respectivos compromissos nos campeonatos nacionais antes de se enfrentarem novamente.

O time argentino decidiu poupar todos os titulares no empate em 1 a 1 diante do Unión Santa Fé, na primeira rodada do Campeonato Argentino. Somente no decorrer da partida que o técnico Miguel Ángel Russo utilizou alguns atletas que vão começar o jogo desta terça-feira.

Por outro lado, Cuca decidiu utilizar praticamente o que tinha de melhor contra o Corinthians pelo Campeonato Brasileiro, e derrotou o Timão por 2 a 1, de virada, alcançando a segunda posição. O técnico explicou o motivo.

“Se o jogador está saudável, está com predisposição para o jogo, não tem necessidade de você tirar o jogador porque ele vai cansar ou ficar em casa descansado. Não, é um campeonato importantíssimo que a gente não ganha há 50 anos. Nós temos que entrar com força máxima. Lógico que eu poupei alguns jogadores, mas os demais tinham condições de jogo e por isso nós fomos com a força máxima dentro do possível. A gente não pode abrir mão de qualquer jogo, o campeonato é muito difícil”, disse o treinador durante coletiva.

As escolhas de Cuca estão dando resultado. Mesmo com o clima favorável, o técnico não quer perder o foco.

“Eu acho que estamos fazendo tudo o que podemos. Lógico que sempre tem o que se melhorar, mas acho que o torcedor do Atlético, hoje, tem que comemorar e ficar muito feliz. A gente não, você ganhou um domingo de paz, mas a segunda-feira já tem concentração e tem o Boca pela frente. Se você tropeçar, tudo muda. Então temos que dar sequência a este momento que vivemos da melhor forma. A gente não sabe até onde vai, de que forma vai, mas a gente vai deixar tudo no campo. Esse é o nosso grande desafio”.

Para o confronto desta terça (20), Cuca deverá ter os retornos de Savarino e Nacho Fernández, poupados contra o Corinthianns. O zagueiro Igor Rabello cumpriu suspensão no último sábado e está à disposição de Cuca. Ainda no setor defensivo, Réver se recupera de uma inflamação no cotovelo esquerdo e não tem presença garantida, assim como Keno e Marrony, que voltam de lesão. Eduardo Vargas testou positivo para covid-19 e está fora da partida.

Continue lendo

Esporte

Na estreia de Renato Gaúcho, Flamengo enfrenta Defensa y Justici

O Flamengo enfrenta o Defensa y Justicia às 21h30 (horário de Brasília) da noite desta quarta-feira

Publicado

em

O Flamengo enfrenta o Defensa y Justicia às 21h30 (horário de Brasília) da noite desta quarta-feira (14), no estádio Norberto “Tito” Tomaghello, na província de Buenos Aires. A partida será o duelo de ida das oitavas de final da Copa Libertadores da América e marcará a estreia do técnico Renato Gaúcho como técnico do Rubro-Negro. A Rádio Nacional transmite a partida ao vivo a partir das 21h30, com narração de André Marques, comentários de Mário Silva, reportagens de Rafael Monteiro e plantão de Luiz Ferreira.

Além de enfrentar o adversário argentino, o treinador também terá que lidar com uma extensa lista de desfalques. O zagueiro Rodrigo Caio, o atacante Bruno Henrique e o meia Diego ainda estão se recuperando de lesões e não ficam à disposição para o confronto. Expulso na fase de grupos do torneio, Arão ainda terá que cumprir mais um jogo de suspensão. Por outro lado, Renato Gaúcho poderá contar com o centroavante Gabriel Barbosa, que não joga pela equipe há 46 dias. O último jogo foi o 0 a 0 contra o Vélez Sarsfield, no final da fase de grupos da competição.

Do lado dos argentinos, a principal baixa é a saída do atacante Braian Romero. No clube desde 2019, ele já havia feito 21 gols em 31 jogos nessa temporada, sendo seis na primeira fase da Libertadores. O atacante foi contratado pelo River Plate para ser o substituto de Rafael Borré, que foi negociado com o Eintracht Frankfurt. Outra saída foi a do volante Enzo Fernández. O jogador também foi para o River Plate.

A partida de volta do duelo será realizada na quarta-feira (21) no Maracanã.

Continue lendo

Trending