Conecte-se conosco

Policial

MP se posiciona pela transferência da Maternidade para o Hospital Geral em Tarauacá, após sua ampliação

O Ministério Público do Estado do Acre

Publicado

em

O Ministério Público do Estado do Acre, por intermédio da Promotoria de Justiça Cível de Tarauacá, se posicionou no procedimento referente à Maternidade Ethel Muriel Geddis, em um extenso e criterioso despacho de quase 20 laudas, onde o promotor de Justiça Júlio César de Medeiros requisitou diversas providências a fim de se realizar a transferência da Maternidade para o Hospital Geral Sansão Gomes, após a construção da Central de Partos Normais (CPN) e ampliação do mesmo.

No despacho, o membro do MP esclarece que haverá uma ampliação do Hospital Sansão Gomes, pois o mesmo não comportaria anexar a maternidade em si com a mesma quantidade de leitos, sem que haja a necessária construção e ampliação, sendo preciso vincar que a Pandemia do Covid-19 afetou o mundo como um todo, infelizmente, não conseguiremos isolar um grupo, mas nada impede de sermos responsáveis e cuidadosos ao prestar cuidado ao BINÔMIO MAMÃE-BEBÊ, usando de paramentações e técnicas a fim de reduzir o risco de contaminação;

Em suma, o promotor de Justiça explicou que no cenário atual há as seguintes constatações:

a) Já há valor de R$ 3.235.050 (três milhões, duzentos e trinta e cinco mil reais e cinquenta centavos) disponível em conta da Caixa Econômica Federal, conforme Proposta de Convênio nº 907458/20-024, para a construção da Central de Partos Normal (CPN) anexa ao HSG, sendo que a aprovação em si não depende de nenhum órgão, entretanto, o Ministério da Saúde precisa Aprovar/Receber a CPN, para então ser possível o envio de recursos específicos para tanto;

b) Hoje, o Hospital Geral Sansão Gomes deixa de receber recursos públicos exclusivos do Ministério da Saúde, justamente, por não estar dentro desse modelo de serviço;

c) Há uma “torre” (Estação de Rádio Base – ERB) de comunicação da Secretaria de Segurança Pública, com 92 (noventa e dois) metros de altura, instalada no local constante do Projeto originário da CPN, a qual não havia sido prevista quando de sua elaboração, portanto, havendo premente necessidade de demovê-la do local, com urgência;

d) Não é possível a realização de reformas estruturais na Maternidade sem a transferência dos recursos humanos e materiais para o Hospital Geral, vez que seria impossível qualquer atividade cirúrgica e atendimento médico a gestantes e parturientes de forma concomitante à realização de drásticas reformas estruturais no local, as quais são exigidas pelos Relatórios Técnicos constantes nos autos;

e) Existem emendas parlamentares no valor total de R$ 24.133.966,00 (vinte e quatro milhões, cento e trinta e três mil, e novecentos e sessenta e seis reais) visando a construção da NOVA maternidade em Tarauacá, sendo que os recursos são suficientes, inclusive, para a construção de um prédio moderno com Heliponto, no mesmo espaço do Hospital Geral ou em local central da cidade, desde que haja a doação de um terreno pela Prefeitura, com tamanho não inferior a 5.000 m² (cinco mil metros quadrados), vez que os recursos são vinculados à construção da edificação em si;

f) Não é possível a construção da nova maternidade NO MESMO LOCAL onde atualmente funciona a Maternidade Ethel Muriel Guedes, haja vista a exiguidade do espaço, o qual sequer comportaria vagas para amplo estacionamento e, sobretudo, a inadequação do terreno “PANTANOSO” que margeia o local, inclusive, no período da alagação as águas do rio chegaram na soleira da Maternidade.

Após, o promotor de Justiça elenca mais de 37 (trinta e sete) argumentos em prol da transferência, visando o melhor atendimento à população tarauacaense, especialmente, as nossas gestantes e recém-nascidos.

 

Dentre os argumentos, o fato da localização geográfica da atual Maternidade privilegiar o bairro da Praia e a população mais pobre, por si só, não convence, haja vista que as pacientes continuarão obrigadas a se deslocarem até o laboratório no HSG, para a realização de pelo menos 03 (três) baterias de exames de urina e fezes que são obrigatórios e duram até o pré-natal, sendo que às vezes esse translado compromete as amostras e precisam ser repetidos.

Sem contar que a localização atual do Hospital, por sua vez, favorece a transferência aérea e terrestre, bem como a população do Gregório, da Copacabana e da BR-364, sendo que todos são iguais perante a lei, inclusive, em casos de emergência, eventual “bolsa de sangue” deve ser levada do Hospital até a Maternidade, causando sérios riscos à vida da parturiente, em caso de complicações no parto, podendo causar choque hipovolêmico e levar à morte, em caso de demora.

 

Policial

Menor é apreendido pelo crime de homicídio

Adolescente de 17 anos é apreendido

Publicado

em

Na manhã desta quinta-feira (18), a Polícia Civil em Xapuri cumpriu o mandado de busca e apreensão do adolescente E.C.D.A, de 17 anos, em apoio à Delegacia de Brasileia.

De acordo com as investigações realizadas pela Delegacia de Brasileia, o adolescente é um dos responsáveis pelas mortes ocorridas entre as facções criminosas atuantes naquele município e na cidade boliviana de Cobija.

O Adolescente foi apreendido em uma residência localizada na Rua Chico Mendes, bairro Cibéria.

O menor foi conduzido a delegacia para procedimento de auto de internação e colocado à disposição do poder judiciário.

Com informações Ascom.

Continue lendo

Policial

Vendedor de picolé é esfaqueado durante roubo em Rio Branco

O vendedor de picolé identificado

Publicado

em

O vendedor de picolé identificado como Edvan foi ferido com um golpe de faca na noite desta quarta-feira, 17, durante um roubo na Rua José de Araújo, no Conjunto Ouricuri, em Rio Branco.

De acordo com a polícia, Edvan estava trabalhando quando um homem não identificado o abordou e em posse de uma faca anunciou o assalto.

O criminoso subtraiu o dinheiro da vítima e o feriu com um golpe de faca que atingiu o abdômen. Mesmo ferido, Edvan ainda conseguiu arrastar o carrinho até a frente de um residencial e pediu ajuda a populares.

A ambulância do suporte avançado do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU) foi acionada, o trabalhador recebeu os primeiros atendimentos e foi encaminhado a Unidade de Pronto Atendimento (UPA Franco Silva), na Baixada da Sobral.

O caso será investigado pela Polícia Civil.

Ac24horas

Continue lendo

Policial

Prefeitura e Câmara de Acrelândia lançam concurso com vagas para o ensino fundamental, médio e superior

Tanto a Prefeitura de Acrelândia

Publicado

em

Tanto a Prefeitura de Acrelândia quanto a Câmara de Vereadores lançaram concursos públicos para o preenchimento de vagas de ensino fundamental, médio e superior.

Especificamente, para a Prefeitura, as vagas são para ensino médio e superior. Já a Câmara prevê vagas nos três níveis do ensino.

Conforme o edital será facultado ao candidato, inscrever-se para mais de um cargo, em ambos os concursos, desde que não haja coincidência nos turnos de aplicação da Prova Objetiva.

Todas as etapas serão realizadas na cidade de Acrelândia/AC. Provas objetiva, discursiva e entrega dos títulos serão no dia 06 de novembro conforme cronograma previsto disponível no portal.

Os candidatos poderão obter informações gerais referentes ao Concurso Público através do site https://portal.ibade.selecao.site/edital ou por meio dos telefones (21) 3674-9190 – Rio de Janeiro – 0800 668 2175, ou pelo e-mail [email protected]

Notícias da Hora

Continue lendo

Trending