Conecte-se conosco

Policial

MPAC empossa sete promotores de Justiça promovidos para o interior

O Ministério Público do Estado do Acre (MPAC) deu posse, nesta sexta-feira (18), a sete promotores de Justiça

Publicado

em

O Ministério Público do Estado do Acre (MPAC) deu posse, na ultima  sexta-feira (18), a sete promotores de Justiça de entrância inicial e final, promovidos pelos critérios de merecimento e antiguidade, para as unidades administrativas de Feijó, Plácido de Castro, Xapuri, Mâncio Lima, Bujari, Acrelândia e Tarauacá, respeitando os critérios de merecimento e antiguidade. Os Termos de Posse foram assinados pela procuradora-geral de Justiça, Kátia Rejane de Araújo Rodrigues.

A cerimônia foi realizada em formato de videoconferência, obedecendo às medidas de prevenção ao contágio pelo novo coronavirus. A transmissão ocorreu através da plataforma digital Zoom e também ao vivo no canal oficial do MPAC no Youtube. Na ocasião, tomaram posse os promotores de Justiça Manuela Farhat (Feijó), José Lucivan Nery (Plácido de Castro), Thiago Marques (Xapuri), Antônio Alceste (Bujari), Bianca Bernardes (Mâncio Lima), Vanderlei Cerqueira (Acrelândia) e Júlio Cesar de Medeiros (Tarauacá).

Os membros promovidos ingressaram na carreira do MPAC por meio do XII concurso público da carreira e tomaram posse em julho de 2017. A procuradora-geral de Justiça destacou o compromisso de sua gestão para com a movimentação na carreira do MPAC, além de sua alegria em acompanhar os jovens membros desde a convocação, a posse, o curso de formação, o vitaliciamente e a tão almejada promoção.

“Vivi junto com Vossas Excelências o início desse sonho e de suas trajetórias no MPAC, por isso, esse momento é tão especial para Vossas Excelências quanto é para mim. Tenho a plena convicção de que o trabalho que farão nessas localidades será feito com a mesma dedicação, compromisso e empenho, empregados nas demais Promotorias de Justiça pelas quais passaram nos últimos anos. Que a humildade, a coragem, a independência, a prudência e a justiça guiem suas jornadas”, externou a procuradora-geral.

O corregedor-geral do MPAC, Celso Jerônimo de Souza, também manifestou suas congratulações aos membros promovidos. “Quero dizer da minha alegria e satisfação nesse momento. Desejo à cada um de vocês “Boa sorte” nesse novo desafio, nessa missão tão importante, nesse grande desafio de promover a justiça. Parabéns a todos e que Deus esteja sempre com cada um de vocês”, externou o corregedor-geral.

Movimentações recordes na carreira

Prevista na Lei Orgânica do MP acreano, a movimentação da carreira ministerial se dá por antiguidade e merecimento, de uma entrância para outra entrância, termo que corresponde ao porte de cada unidade administrativa. Analisada pelo Conselho Superior do MP, a promoção por merecimento leva em conta a atuação do membro durante a carreira, enquanto a por antiguidade considera o tempo do membro no cargo.

“Falta poucos meses para encerrarmos nossa gestão e aqui eu deixo meus agradecimentos ao Colégio de Procuradores de Justiça, à Corregedoria Geral, ao Conselho Superior, à Secretaria Geral, à Secretaria dos Órgãos Colegiados, e aos demais que contribuíram para que a nossa gestão cumprisse com excelência um dos compromissos que sempre ocupou a centralidade da nossa agenda, que é as movimentações recordes na carreira do Ministério Público”, externou a PGJ.

O compromisso regimental prestado pelos membros promovidos foi proferido pela promotora de Justiça Manuela Farhat. Em nome de todos os empossados, o promotor de Justiça Antônio Alceste deixou uma mensagem de incentivo e coragem aos jovens colegas de profissão.
“Lutemos, então, para que a Constituição Federal de 1988 não se transforme num monturo, ou numa folha de papel em branco, sem forma normativa, e não seja esvaziada pela hipocrisia, desfaçatez, pelo “achar que”. Lutemos, pois, das nossas unidades administrativas, com o verbo e a caneta nas mãos”, disse o promotor de Justiça.

Ana Paula Pojo – Agência de Notícias do MPAC

Policial

Em Sena Madureira,Duas mulheres são presas com quase meio quilo de cocaína no Acre

Policiais civis que atuam na Unidade

Publicado

em

Policiais civis que atuam na Unidade de Segurança Pública de Sena Madureira apreenderam na manhã desta quinta-feira (11) diversos pacotes de cocaína no Bairro Ana Vieira. Na ocasião, duas mulheres foram presas em flagrante delito.

De acordo com o apurado, investigadores da Polícia Civil vinham fazendo o levantamento de informações nessa localidade. Nesta manhã, ao imprimir uma fiscalização minuciosa na residência, encontraram mais de 40 pacotes de drogas em um racker. Após a pesagem, a droga totalizou quase meio quilo.

Diante dos fatos, as duas mulheres foram encaminhadas para a Unidade de Segurança Pública de Sena para os procedimentos cabíveis. Elas serão indiciadas por tráfico e, a depender da decisão da justiça, podem ser transferidas para Rio Branco já que Sena Madureira não tem presídio feminino.

Continet

Continue lendo

Policial

Polícia Civil detém mulher transportando 9kg de ‘Skunk’ na BR 317

Polícia Civis lotados no município

Publicado

em

Polícia Civis lotados no município de Xapuri, conseguiram prender em flagrante delito, uma brasileira identificada pelas iniciais W.K.S.M, de 28 anos de idade, acusada de cometer tráfico internacional de drogas.

A mulher viajava para Rio Branco em um ônibus de viagem quando foi abordada por na BR-317, no entroncamento de acesso à Xapuri. O delegado Gustavo Neves, por meio da equipe de investigação chefiada pelo Inspetor Investigador Eurico Feitosa e sua equipe fizeram a apreensão e prisão da mulher.

Segundo foi informado, os policiais civis encontraram nove ‘tijolos’ de 1 Kg de maconha ‘skunk’ na mala da mulher após a mesma demonstrar nervosismo. Foi quando resolveram averiguar a mala da mesma.

Ao abrir a mala, descobriram o motivo do nervosismo, sendo encontrado a droga que seria entregue na capital do Acre, Rio Branco. Após receber voz de prisão, a mulher foi conduzida para a Delegacia Geral de Xapuri e em seguida para a Delegacia de Polícia Federal de Epitaciolândia em função da natureza do delito, considerado tráfico internacional de drogas.

Segundo um advogado criminalista, pelo crime de tráfico internacional de drogas, a mulher poderá ser levada ao júri e ser condenada de 8 a 15 anos de reclusão. A acusada será transferida para o presídio federal na Capital nas próximas horas.

Por Alexandre Lima

Continue lendo

Policial

Polícia Civil apreende 10kg de cocaína e prende casal na Rodoviária

Na noite da última quarta-feira, 10 de agosto

Publicado

em

Na noite da última quarta-feira, 10 de agosto de 2022, a Polícia Civil do Acre, por meio da Delegacia de de Repressão ao Narcotráfico (Denarc) apreendeu 10kg de cocaína na Rodoviária Internacional de Rio Branco.

A droga estava acondicionada em fundo falso de recipientes térmicos, (caixas térmicas). Foto: cedida
O trabalho investigativo da equipe de Policiais Civis da Denarc possibilitou a prisão em flagrante do casal casal G. M. S (22 anos) N.E.F.A (20anos).

O casal é oriundo de Campina Grande-PB, tentavam embarcar na Rodoviária de Rio Branco/AC com destino a Cuiabá, com entorpecente escondidos entre suas bagagens.

A droga estava acondicionada em fundo falso de recipientes térmicos, (caixas térmicas).

Ao identificar a propriedade da droga, o casal recebeu voz de prisão pela equipe da Denarc que conduziu os dois a delegacia para lavratura de auto de prisão em flagrante sendo colocados à disposição da justiça.

Ascom/Polícia Civil do Acre

Continue lendo

Trending