Conecte-se conosco

Policial

Facções usam drones para monitorar comunidades agrícolas no Acre

O produtor rural não enfrenta apenas

Publicado

em

O produtor rural não enfrenta apenas o problema das péssimas condições dos ramais para trazer frutas, verduras e hortaliças para as feiras e mercados de Rio Branco. Um novo problema mais grave tomou conta da área rural, as facções criminosas estão aterrorizando as famílias, nas regiões da Estrada do Quixadá.

Onde ficam as comunidades Boa Água, Oriente, Colibri e Limoeiro, os produtores não deixam mais as propriedades sozinhas. Antes toda a família vinha para a cidade, vendia o produto e comprava os itens de casa, agora alguém tem que ficar vigiando.

As organizações criminosas estão aplicando a lei do silêncio, quem denuncia corre o risco de ser expulso da terra. A vereadora Lene Petecão, do PSD, levou a denúncia à Câmara de Vereadores de Rio Branco.

Segundo a parlamentar, os produtores disseram que as facções estão usando drones para vasculhar as propriedades. Assim ficam sabendo o que cada família possui, se existe alguém diferente e mantém todos vigiados e aterrorizados.

“Já teve caso de motos e caminhonetes sendo roubadas, e a comunidade está realmente aterrorizada, porque são produtores rurais, não são atravessadores. Eles produzem e trazem para as feirinhas aqui dos bairros, como o próprio Elias Mansour, que eles abastecem”, explicou a vereadora.

Lene Petecão pediu à Mesa Diretora que faça um convite ao secretário de Segurança, para que participe de uma sessão do legislativo. O Governo do Acre precisa dar uma resposta aos produtores rurais. Antes os crimes se limitavam ao furto e roubo de gado, depois passou a ser veículos, máquinas e tratores. Agora tudo virou alvo dos bandidos, e as propriedades passaram a ser monitoradas por drones, uma tecnologia que nem a polícia tem.

Os produtores não querem gravar entrevista com medo de uma possível ação das organizações criminosas, mas o que eles realmente esperam é que o Governo do Estado tome uma medida para reduzir a violência no campo, uma delas seria a criação de uma delegacia especializada para crimes na área rural.

Fonte: Agazeta.net

Policial

Homem é preso por descumprimento de medida protetiva

Na tarde desta quinta-feira, 23, a Polícia Civil

Publicado

em

Na tarde desta quinta-feira, 23, a Polícia Civil por meio da Delegacia Especializada de Atendimento à Mulher (DEAM) prendeu F.F.A, de 41 anos de idade, em cumprimento ao mandado de prisão pelo delito de descumprimento de medidas protetivas de urgência, com base na Lei Maria da Penha.

O investigado, após receber a intimação das medidas protetivas em seu desfavor, não respeitou tal decisão judicial e, reiteradas vezes, descumpriu o limite mínimo de distância entre a vítima, e continuou indo à residência e ao comércio de sua ex-companheira, ameaçando-a, e a ofendendo moral e fisicamente.

Após a autoridade policial da DEAM tomar conhecimento sobre tais delitos, foi representado pela prisão preventiva em desfavor do agressor, e a ordem judicial foi expedida pela Vara de Proteção à Mulher da Comarca de Rio Branco/AC.
O mandado de prisão foi cumprido no bairro Conjunto Universitário III.
O preso foi conduzido à Delegacia de Flagrantes (DEFLA), onde ficará à disposição da justiça.

Ascom

Continue lendo

Policial

Duas pessoas são presas pelo crime de estupro

Nesta quinta-feira, 23, a Polícia Civil

Publicado

em

Nesta quinta-feira, 23, a Polícia Civil por meio da Delegacia Especializada de Atendimento à Mulher e de Proteção à Criança e ao Adolescente (DEMPCA), em Cruzeiro do Sul, prendeu A. C. D. S., de 23 anos, por descumprir medida de afastamento da vitima, após ser condenado em primeira instância pelo crime de estupro de vulnerável.

Ainda na manhã desta quinta-feira, 23, foi dado cumprimento a mais um mandado de prisão preventiva em desfavor de C. S. D. M., de 50 anos, em virtude de sentença condenatória pelo crime de estupro de vulnerável, a ser cumprida inicialmente em regime fechado.

Os presos foram conduzidos à sede da DEMPCA e em seguida à Unidade Prisional Manoel Neri onde permanecerão à disposição da Justiça.

Ascom/Policia Civil do Acre

Continue lendo

Policial

Farta quantidade de drogas é apreendida em presídio de Sena Madureira

Uma revista minuciosa promovida

Publicado

em

Uma revista minuciosa promovida por policiais penais lotados no presídio Evaristo de Moraes, em Sena Madureira, resultou em apreensão de uma farta quantidade de drogas (maconha e cocaína).

Na quarta-feira (22), dia dedicado às visitas, o material ilícito foi encontrado nas dependências do banheiro dedicado aos visitantes. “Parte do ilícito estava no vaso sanitário e o restante no encanamento do banheiro”, confirmou Francisco de Assis, diretor do presídio.

 

Ao todo, foram apreendidos: 50 macarrões de maconha, 16 tabletes, 03 barras e 03 trouxinhas que pesaram 313 gramas. Além disso, os policiais encontraram 49 gramas de cocaína e 01 trouxa com 23 gramas da mesma substância.

De acordo com a direção do presídio, a fiscalização continuará sendo intensificada com a meta de repelir o tráfico de drogas no referido local.

Contilnet

Continue lendo

Trending