Conecte-se conosco

Policial

Durante fuga, membro do CV aponta arma para PM e acaba baleado em Rio Branco

Publicado

em

Segundo informações da Polícia, Francisco estava há dois dias efetuando tiros no bairro Taquari e várias vezes a Polícia Militar foi acionada. Na tarde desta sexta-feira, a guarnição estava fazendo um patrulhamento de rotina na região, quando avistou Francisco em via pública com uma arma de fogo em punho. Foi dada voz de parada, o criminoso desobedeceu e saiu correndo apontando a arma de fogo para os Policiais, que reagiram efetuando dois tiros que atingiram Francisco na região do peito e pescoço. Mesmo ferido, o criminoso ainda conseguiu correr e caiu nos fundos de uma residência e foi preso.

O Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU) foi acionado e uma ambulância de suporte avançado foi enviada. Os Paramédicos prestaram os primeiros atendimentos e encaminharam Francisco escoltado pela Polícia ao Pronto-Socorro de Rio Branco. Segundo o Médico do SAMU o estado de saúde do paciente é grave.

Policiais Militares do 2° Batalhão estiveram no local e isolaram a área para os trabalhos do Perito em criminalística.

Segundo o Tenente Coronel Russo, Francisco é era membro da organização criminosa Bonde dos 13 e migrou para a facção Comando Vermelho, e que este ano o criminoso já foi preso duas vezes por porte ilegal de arma de fogo. Russo disse, ainda, que Francisco atualmente estava morando na região do bairro Airton Sena, atravessava o Rio e fazia ataques contra membros da facção B13, na tentativa de matá-los. Atualmente Francisco estava em liberdade com o uso de tornozeleira eletrônica, porém, ele cortou o equipamento.

O caso inicialmente segue sob investigação dos Agentes de Polícia Civil da Equipe de Pronto Emprego (EPE) e posteriormente ficará à disposição da delegacia especializada.

Davi Sahid- ac24horas

Publicidade