Conecte-se conosco

Política

Alan Rick pede ao governo federal que fortaleça fiscalização na fronteira para evitar novos problemas com imigrantes

O deputado federal Alan Rick (DEM), juntamente com a bancada federal acreana, participou na manhã de terça-feira

Publicado

em

O deputado federal Alan Rick (DEM), juntamente com a bancada federal acreana, participou na manhã de terça-feira, 16, de uma reunião por videoconferência com o prefeito de Assis Brasil, Jerry Correia e o ministro das Relações Exteriores, Ernesto Araújo. Também participaram do encontro o secretário de Segurança Pública do Acre, Paulo César, o chefe da Casa Civil do Estado, Flávio Pereira, o Embaixador do Brasil no Peru, Rodrigo Baena e o Embaixador Pedro da Costa.

Na pauta, a grave crise social vivida no município devido o problema dos imigrantes que se aglomeravam na fronteira com o Peru. Após forçarem a passagem para país vizinho, cerca de 400 imigrantes de diversas nacionalidades, principalmente haitianos, se encontram agora na cidade peruana de Iñapari.

A entrada forçada dos imigrantes no Peru trouxe preocupação ao parlamentar que acabou sugerindo ao governo federal o fortalecimento das fiscalizações na fronteira a fim de evitar que novos imigrantes ficam represados no município de Assis Brasil.

“Propus também que o governo federal esteja presente na região de forma permanente até que as fronteiras sejam reabertas”, disse o deputado ao lembrar que a migração remonta há vários anos. “Os municípios acreanos da fronteira sempre receberam essas pessoas de passagem. O problema é que desde o início da pandemia e com o fechamento das fronteiras, esses imigrantes acabaram ficando retidos nas cidades, principalmente Assis Brasil, que tem que arcar com abrigo, alimentação e Saúde. O drama social é grave e precisamos buscar uma solução para esse problema”.

O deputado pontuou ainda que solicitou ao governador Gladson o “reforço da equipe da Saúde e da Assistência Social. A pedido do prefeito um caminhão pipa também foi enviado para melhorar o abastecimento de água nos abrigos”. E acrescentou: “pedi à ministra Damares Alves da Mulher, Família e Direitos Humanos e ao Ministro da Cidadania João Roma, apoio financeiro para o município de Assis Brasil que deve continuar recebendo imigrantes, enquanto uma solução definitiva não seja encontrada”

.

Na oportunidade, o prefeito de Assis Brasil, Jerry Correia (PT) relatou o confronto dos imigrantes com a polícia peruana. “Tivemos um clima tenso nesta terça-feira, pois os imigrantes resolveram confrontar o policiamento peruano. Eles estavam armados com paus e pedras e conseguiram ingressar em Iñapari. É um momento dramático e a população está aflita. Nos preocupa ainda o fluxo de imigrantes que continuam chegando, mas acredito que nessa reunião conseguiremos resolver essa situação. Eles enfrentaram homens fortemente armados. A polícia literalmente recuou e essas pessoas entraram no país vizinho”, disse.

O Ministro das Relações Exteriores, Ernesto Araújo, por sua vez, pontuou que a travessia forçada dos imigrantes ao Peru dificulta bastante a interlocução com o governo Peruano. “Estou pedindo para minha equipe fazer uma interlocução junto com as Nações Unidas e com a OIM (Organização Internacional para Imigrações) para solucionar essa equação. Compartilho a angústia dos senhores”, finalizou.

.

Fotos Assessoria

Continue lendo

Política

Gladson e Mailza tomam café com Bolsonaro para tratar das eleições no Acre

O governador Gladson Cameli e a senadora Mailza Gomes

Publicado

em

O governador Gladson Cameli e a senadora Mailza Gomes, pré-candidatos ao Governo do Acre, participaram na manhã desta quinta-feira (11), no Palácio da Alvorada, de um café da manhã com o presidente Jair Bolsonaro.

Ali também estava outros pré-candidatos aos governos estaduais e ao Senado pelo Progressistas, além de Arthur Lira – presidente da Câmara – e Ciro Nogueira, representando a direção nacional da sigla.

Gladson teve um momento com o presidente e os dois trataram das campanhas estadual e presidencial.

O governador disse à reportagem do ContilNet que garantiu ao presidente que fará campanha para ele no Acre.

“Disse que estamos com ele e faremos sua campanha no Acre, já que nos ajudou tanto”, explicou.

POR TIÃO MAIA, PARA O CONTILNET

Continue lendo

Política

Prefeitura deve indenizar condutor que teve falange amputada em razão de acidente

O Juízo da Vara Única de Epitaciolândia

Publicado

em

O Juízo da Vara Única de Epitaciolândia decidiu que um motociclista deve ser indenizado em R$ 3 mil por danos estéticos e R$ 4 mil por danos morais. A prefeitura foi responsabilizada pelo acidente de trânsito, porque foi comprovado que a causa da colisão foram os buracos na via pública.

De acordo com os autos, o reclamante trafegava no sentido Bairro da Glória para Lírio dos Vales. O acidente causou lesão traumática do quinto dedo da mão direita e consequentemente amputação de uma das falanges.

A juíza Joelma Nogueira explicou que a responsabilidade do Município é objetiva, isto é, independe de culpa, por isso foi responsabilizada pelos danos decorrentes da atividade administrativa.

Contudo, a magistrada indeferiu o pedido de indenização pelos danos materiais, porque não houve a adequada comprovação. A decisão foi publicada na edição n° 7.116 do Diário da Justiça Eletrônico (pág. 70), da última terça-feira, dia 2.

Continue lendo

Política

Alan Rick confirma que será candidato a senador pelo União Brasil

O deputado federal licenciado Alan Rick

Publicado

em

O deputado federal licenciado Alan Rick (UB) acaba de confirmar ao Notícias da Hora que será candidato ao Senado e não mais a vice de Gladson Cameli.

O nome de Alan deve ser oficializado em convenção do UB nesta sexta-feira (5) em meio a um clima de arenga no partido presidido no Acre pelo senador licenciado Marcio Bittar.

O conflito é resultado da tentativa de Alan ser candidato a vice de Cameli, que está rompido com Marcio.

Como contragolpe, Marcio destituiu ontem todos os membros da executiva do União Brasil ligados a Alan e ao governo. Alan entrou com uma ação judicial contra o ato de Bittar e aguarda resultado favorável a seu pedido na Justiça.

Luciano Tavares

Continue lendo

Trending