Conecte-se conosco

Outras

FAMILÍA DE HOMEM com Alzheimer desaparecido há 17 dias oferece recompensa

Eliudo Bento de Almeida, de 58 anos

Publicado

em

Eliudo Bento de Almeida, de 58 anos, está desaparecido desde 4 de janeiro. A família, que busca o homem pelas ruas e faz campanha nas redes sociais, agora oferece recompensa no valor de R$3 mil para quem encontrar o homem. Eliudo desapareceu no bairro Rui Lino, onde mora.

Segundo a irmã Gizelda Silveira, diversas pessoas ligam informando o paradeiro do homem, mas o confundem com um outro senhor que também vive nas ruas de Rio Branco. “Algumas pessoas nos ligam, fazem vídeo chamada e a gente que, se alguém o ver, que nos ligue e fique com ele até chegarmos no local”, pede.

Gizelda fala ainda que Eliudo é um irmão muito querido, mas que por conta do Alzheimer, tem momentos agressivos. “Hoje está com 17 dias. Fizemos varreduras em diversos locais, em hospitais, IML, delegacias, meu irmão contratou 10 motoqueiros para fazer varreduras em bairros, todas as pistas que chegam até nós são checadas. Infelizmente tem um senhor muito parecido com ele, que quando vamos checar, não é meu irmão, é esse outro senhor”, diz.

Sobre a recompensa, Gizelda conta que o dinheiro é para incentivar as pessoas a ajudarem a encontrar Eliudo, que está longe da família há 17 dias. “Um outro fator, que não é agradável, é que com a recompensa, surgem muitas pessoas que não tem foto no perfil do WhatsApp, que a gente tem medo de ir checar”, explica.


Gizelda contou ao ContilNet que muitas pessoas fazem suposições do que pode ter acontecido com Eliudo, que torna a situação cada vez mais angustiante. “As pessoas falam que ele pode ter ido para a mata, que alguém na rua pode ter levado ele para trabalhar em colônias, na zona rural, torna tudo mais angustiante. Eu vejo que até cachorros que são perdidos, as pessoas acham, e ele não. É angustiante”, diz.

Em uma publicação no WhatsApp, o ex-cunhado de Eliudo também fala sobre a possibilidade das pessoas não notarem o homem nas ruas.

“Meu ex cunhado está desaparecido há 17 dias; ele tem Alzheimer. Ele está vivendo como morador de rua (assim espero). O que é estranho, é ele ainda não ter sido encontrado mesmo com tanta divulgação em uma cidade pequena como a nossa. Minha esperança é que isto infelizmente se deva a um fato social (embora muitos neguem): “INVISIBILIDADE DAS PESSOAS EM SITUAÇÃO DE RUA”. Muitos nem olham direito, tem repulsa. Por favor, se ver um morador de rua, observe bem se é o Eliudo; se achar parecido entrem em contato com os números disponíveis; tentem segurar ele no local se possível. Só peço isto: OLHEM. Obrigado”, diz o ex-cunhado.

Caso você veja Eliudo nas ruas ou saiba de alguma informação, entre em contato com os telefones disponibilizados pela família.

POR MARIA FERNANDA ARIVAL, DO CONTILNET

Outras

.mortos sobe para 3.000 após terremoto na Turquia e na Síria

Ao menos 3.000 pessoas morreram

Publicado

em

Ao menos 3.000 pessoas morreram após terremoto na Turquia e na Síria
Tremor de magnitude 7,9 foi sucedida por outros 50 sismos, incluindo outro de magnitude 7,9
Segundo autoridades, ainda existem muitas pessoas presas nos escombros de prédios
Autoridades continuam tentando resgatar vítimas dos escombros de prédios
Autoridades continuam tentando resgatar vítimas dos escombros de prédios

O número de mortos no terremoto de segunda-feira (6) na Turquia e na Síria subiu para mais de 3.000, de acordo com um novo balanço divulgado pelas autoridades de ambos os países.

O serviço de emergência da Turquia informou que pelo menos 1.762 pessoas morreram no tremor de magnitude 7,8.

Adicionado a esse número estão outras 1.293 mortes registradas na Síria, 593 em regiões controladas pelo governo e pelo menos 700 em áreas controladas por rebeldes.

O total nos dois países subiu para 3.055 mortes.

“A situação é muito grave, muitas pessoas ainda estão sob os escombros dos prédios”, disse o cirurgião Majid Ibrahim, do hospital Al Rahma, na cidade síria de Darkush.

O tremor foi sentido às 04:17 (horário local) e ocorreu a uma profundidade de 17,9 km, segundo o Serviço Geológico dos Estados Unidos (USGS, segundo a sigla em inglês). O epicentro foi localizado no distrito de Pazarcik, no sudeste da Turquia, a cerca de 60 km da fronteira com a Síria.

Cerca de cinquenta tremores secundários foram registrados, incluindo um de magnitude 7,5 que atingiu a área nove horas depois, 4 km a sudeste de Ekinozu.

R7

Continue lendo

Outras

Fortes ventos e queda de temperatura hoje em todo Acre

O pesquisador Davi Friale

Publicado

em

O pesquisador Davi Friale, o mago do tempo como é conhecido, gravou um vídeo Hoje (6) confira

Por AcreOnline.

Continue lendo

Outras

Inep altera cronograma do Censo Escolar da Educação Básica 2023

O Instituto Nacional de Estudos

Publicado

em

O Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep) publicou hoje (6), no Diário Oficial da União, portaria alterando algumas datas do cronograma de atividades do Censo Escolar da Educação Básica 2023.

O censo é a principal pesquisa estatística da educação básica no país. Os dados coletados no levantamento servem de base para o repasse de recursos do governo federal e para o planejamento e divulgação de dados das avaliações realizadas pelo Inep.

O levantamento – dividido em duas etapas – também auxilia na compreensão da situação educacional do país e no acompanhamento da efetividade das políticas públicas, uma vez que são apuradas informações sobre os estabelecimentos de ensino, turmas, alunos, gestores e profissionais em sala de aula.

Com as alterações divulgadas nesta segunda-feira, em Brasília, agora a disponibilização do Sistema Educacenso para declaração de dados será no dia 31 de maio próximo. No calendário anterior, o início estava previsto para 24 de maio. No dia 31 de maio, também terá início a coleta de dados da Matrícula Inicial, compreendendo os processos de digitação e exportação. O prazo para o encerramento da coleta será no dia 31 de julho deste ano.

Já o envio dos dados preliminares ao Ministério da Educação para publicação no Diário Oficial da União passará de 18 de agosto para o dia 23 do mesmo mês.

O envio ao Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (FNDE) dos dados finais homologados do Censo Escolar da Educação Básica 2023, para o cálculo dos coeficientes de distribuição do Fundo de Manutenção e Desenvolvimento da Educação Básica e de Valorização dos Profissionais da Educação (Fundeb), passará do dia 8 de dezembro para o dia 10 do mesmo mês.

Dados finais
Outra data alterada diz respeito ao envio ao Ministério da Educação de dados finais declarados e homologados do Censo Escolar da Educação Básica 2023, que deverá ser feito agora no dia 11 de dezembro. O cronograma anterior previa esse envio no dia 8 de dezembro. A preparação dos dados finais para divulgação agora será feita no período de 11 de dezembro de 2023 a 26 janeiro de 2024.

A divulgação das Sinopses Estatísticas da Educação Básica pelo Inep será feita no dia 31 de janeiro do próximo ano.

A portaria também altera o cronograma para a coleta dos dados de rendimento e movimento escolar dos alunos declarados na primeira etapa de coleta do Censo Escolar 2023, compreendendo a digitação e exportação de dados, que deverá ser realizada entre 1º de fevereiro e 11 de março de 2024.

Taxas de rendimento
A disponibilização das taxas de rendimento preliminares e dos relatórios por escola no módulo Situação do Aluno, para conferência, ratificação e retificação de eventuais erros, pelos gestores municipais e estaduais será feita no dia 1º de abril do próximo ano.

A disponibilização do módulo Situação do Aluno para conferência, ratificação e retificação de eventuais erros também será aberta nessa data, com previsão de término no dia 15 de abril.

No mesmo período será executada a conferência, ratificação e retificação de eventuais erros nas informações prestadas no período de coleta da Situação do Aluno 2022.

A portaria altera ainda as datas para a verificação final dos dados processados após o período de conferência, ratificação e retificação de eventuais erros, no módulo Situação do Aluno, que será promovida de 16 a 30 de abril de 2024.

Já a disponibilização dos relatórios por escola no módulo Situação do Aluno, contendo os dados finais de rendimento e movimento escolar, será no dia 10 de maio do próximo ano. Por fim, a divulgação dos indicadores de rendimento escolar no portal do Inep será no dia 10 de maio de 2024.

 

Por Kleber Sampaio

Continue lendo

Trending