Conecte-se conosco

Policial

Guerra de facções: Réus que esquartejaram mulher em Rio Branco são condenados pela Justiça

A 1ª Vara do Tribunal do Júri

Publicado

em

A 1ª Vara do Tribunal do Júri da Comarca de Rio Branco condenou três pessoas (dois homens e uma mulher) por terem participado do assassinato e esquartejamento de uma mulher em abril de 2020. Além disso, houve um quarto réu que roubou o celular da vítima e vendeu o aparelho a um terceiro. Três dos envolvidos no caso também foram sentenciados por integrar organização criminosa.

Os três réus condenados pelo homicídio qualificado devem iniciar o cumprimento da pena em regime fechado. Já réu que roubou o celular da vítima teve decretado o regime inicial semiaberto. Foram estabelecidas as seguintes penas pela juíza de Direito Luana Campos, titular da unidade judiciária:

-A mulher e um dos homens condenados por homicídio qualificado por motivo torpe, emprego de tortura e recurso que dificultou a defesa da vítima, assim como, por integrarem organização criminosa, cada um deve cumprir 23 anos e pagar 40 dias multa;

– O homem sentenciado por homicídio qualificado e que esquartejou e ocultou o corpo teve as penas de 16 anos e seis meses de reclusão, assim como, o pagamento de 10 dias e ainda deve cumprir a pena de um ano de detenção e pagar mais 10 dias multa;

-O quarto réu que é integrante de facção criminosa e furtou o celular da vítima deve cumprir sete anos de reclusão e pagar 10 dias multa.

De acordo com os autos, o crime aconteceu em abril de 2020, quando a vítima foi morta com estrangulamento e vários golpes de faca. Os dois acusados, o homem e a mulher sentenciados as penas de 23 anos foram até a vítima gravaram uma espécie de interrogatório e estipularam a maneira que a mulher deveria ser morta.

Segundo o que consta no processo, eles teriam cometido o crime para enaltecer facção, por acreditarem que a vítima pertenceria a organização criminosa rival. Depois de terem matado a vítima, esquartejaram o corpo e jogaram os restos mortais em um igarapé.

Na sentença a magistrada discorreu sobre a culpabilidade dos três réus condenados por homicídio qualificado. A juíza ressaltou a violência gerada pela presença das facções criminosas que causam terror e vários crimes.

“O crime foi executado em razão da contenda entre facções criminosas. Essas facções possuem grande poder bélico e são responsáveis por crimes bárbaros e violentos em nossa sociedade, buscam dominar bairros e arregimentar o maior número possível de pessoas, causando terror nas localidades que dominam, o que torna a conduta altamente reprovável”, escreveu Campos.

Com informações do TJAC

Policial

Polícia Militar do Acre apreende drogas e arma de fogo em Rio Branco

Guarnições da Polícia Militar do Acre

Publicado

em

Guarnições da Polícia Militar do Acre (PMAC), durante serviço deste domingo, 5, apreendeu mais de um quilo de drogas e uma arma de fogo. As ocorrências se deram em bairros distintos de Rio Branco, onde duas pessoas foram presas e encaminhadas a Delegacia de Flagrantes (Defla).

O primeiro fato ocorreu no bairro Vila Acre, Ramal Polo Benfica. A guarnição do 2° Batalhão de Polícia Militar (2° BPM) apreendeu um revólver calibre 38, de fabricação estrangeira, junto com cinco munições, após ser acionada via Centro de Operações Policiais Militares (COPOM). Um homem foi preso no local.

A segunda ocorrência se deu no bairro Preventório, onde militares do Grupo de Intervenção Rápida Ostensiva (GIRO), do Batalhão de Operações Especiais (BOPE), apreendeu um quilo e trezentas gramas de oxidado de cocaína. Um homem de 37 anos foi preso.

Assessoria de Comunicação da PMAC

Continue lendo

Policial

Polícia Militar do Acre apreende arma de fogo e desarticula “boca de fumo” na Cidade do Povo

Guarnições do 2º Batalhão de Polícia

Publicado

em

Guarnições do 2º Batalhão de Polícia Militar (2º BPM) prenderam na noite deste domingo, 5, um homem de 19 anos, por porte ilegal de arma de fogo e tráfico de drogas. O fato ocorreu no Conjunto Habitacional Cidade do Povo, região do 2º distrito de Rio Branco.

Acionados via Centro de Operações Policiais Militares (COPOM) para realizar uma averiguação, as equipes realizavam patrulhamento quando visualizaram um cidadão, que ao notar a presença policial tentou se evadir. Os profissionais conseguiram realizar abordagem ao homem.

Durante a busca pessoal foram encontrados uma arma de fogo; revólver calibre 38, com seis munições; 48 barras de maconha; duas trouxinhas de cocaína; objetos utilizados para embalo da substância entorpecente, além de 101,00 reais, provavelmente provenientes da venda de drogas na região.

O homem recebeu voz de prisão e foi encaminhado à Delegacia de Flagrantes (Defla), para serem tomadas as medidas cabíveis ao caso.

Assessoria de Comunicação da PMAC

Continue lendo

Policial

Em Sena Madureira; PM e Polícia Civil apreendem arma de fogo e conduz os envolvidos para a delegacia

Publicado

em

A Polícia Militar, por meio do 2º Pelotão Destacado de Santa Rosa do Purus, na noite do dia 3 para 4 de fevereiro, em atuação com a Polícia Civil apreenderam uma arma de fogo, munições, droga e conduziram dois envolvidos, sendo um maior e um menor de idade pelos delitos praticados.

As forças policiais receberam informações acerca da prática de tráfico de drogas na rua Antônio Mendes. Ao se aproximarem do local indicado, os suspeitos empreenderam fuga, todavia, foram capturados pelos policiais. Durante as buscas foram encontradas porções de drogas aparentando ser maconha, 3 estojos de munições calibre 380 e 2 estojos calibre 9 milímetros, além de uma espingarda calibre 16.

Os suspeitos foram conduzidos e entregues à delegacia de Polícia Civil, local onde foram entregues também todo o material apreendido.

Assessoria do 8º BPM.

Continue lendo

Trending