Conecte-se conosco

Policial

Chacina: homem matou três para vingar filho que foi torturado por facção

No mês de março deu início

Publicado

em

No mês de março deu início a uma intensa guerra entre as organizações criminosas (CV e B13), fato em que ocorreram diversos homicídios e tentativas de homicídio nesta cidade.

Um desses fatos se deu no dia 5 de abril passado na rua São Peregrino, no bairro Leonardo Barbosa, onde um triplo homicídio foi registrado no local. As vítimas Lucas Barbosa Bandeira (23), Wanderson Souza e Silva (18) e o menor André Gustavo Sales de Oliveira de 16 anos, tiveram suas vidas ceifadas por integrantes da organização criminosa Comando Vermelho (CV).

Homens fortemente armados invadiram a residência afirmando serem policiais. Após entrar no local, os executaram com dezenas de tiros de pistola calibre .380.

Durante o trabalho da equipe de investigadores da delegacia de Brasiléia, se tomou conhecimento que no início da noite, antes dos fatos ocorrerem, um jovem foi levado a força do bairro Leonardo Barbosa por homens armados que chegaram em um veículo Chevrolet/Ônix, branco, afirmando serem policiais.

O jovem não apareceu em nenhuma das delegacias da região e posteriormente, descobriu-se que este havia sido levado por integrantes do CV para ser torturado, afim de colherem informações a respeito de pessoas e residências de integrantes da organização criminosa B13, no bairro Leonardo Barbosa.

Diante disso, às diligências seguiram e os investigadores identificaram que o veículo utilizado no sequestro do jovem e os homens que o levaram, foram os mesmos que na madrugada do dia 05/04, cometeram o triplo homicídio no bairro Leonardo Barbosa.

As investigações que contaram com apoio da Delegacia de Combate ao Crime Organizado (DRACO) , Núcleo de Inteligência da Polícia Civil e Polícia Rodoviária Federal, concluíram que o grupo de integrantes do Comando Vermelho identificados como; Antônio André de Araújo, vulgo Alcides ou Seco, José Victor Silva de Souza, vulgo Zé Vitor, Cleudo Freitas Rodrigues, vulgo Telzinho ou Flog, Natanael do Nascimento Salgueiro, vulgo Natan, e o motorista de aplicativo Gabriel Sombra de Andrade, que se deslocaram de Rio Branco para Brasiléia após o filho de Antônio André de Araújo, vulgo Alcides ou Seco, ter sido vítima de integrantes do B13.

O jovem que não tem ligação nenhuma com o crime, teve sua casa invadida por faccionados do B13, que na verdade estavam em busca do vizinho que morava na casa lado e ao adentrarem na casa do filho de Alcides o agrediram, amarraram e furtaram bens do local, fato esse que chegou ao conhecimento de Alcides e despertou sua ira, onde o mesmo juntou sua “tropa” e desceu para Brasiléia para vingar o ocorrido, o que culminou na morte dos três jovens na madrugada do dia 05/04 no bairro Leonardo Barbosa.

Chegando em Brasiléia, Antônio André de Araújo e seu grupo, tiveram apoio de Adriano André de Araújo seu irmão. Adriano deu todo suporte ao grupo que por diversas vezes, durante o dia estiveram em sua casa no bairro Samauma I, além disso, forneceu armas para completar as que o grupo já havia trago da capital e por fim, após o crime, ainda se deslocou para Rio Branco em um veículo VW/Gol, de cor vermelha, indo na frente como ‘batedor’ enquanto seu irmão Antônio André e o grupo iam no veículo Chevrolet/Ônix, de cor branca atrás.

Durante esse trajeto, na volta para Rio Branco, Adriano foi abordado por uma equipe da PRF e teve o veículo revistado, mas, nada foi encontrado tendo em vista que as armas vinham com o grupo no carro atrás, dessa forma o veículo Chevrolet/Ônix em que estava seu irmão junto com os comparsas e as armas passaram pela barreira despercebidos.

Nesta semana, o último envolvido foi preso e levado para uma das celas da delegacia de Brasiléia, onde aguarda a decisão da justiça para ser transferido ao presídio estadual na Capital. Ao todo, foram quatro presos, um assassinado pelo próprio grupo e um está foragido para o estado do Rio de Janeiro (RJ), onde recebe guarida dos comparsas do grupo criminoso.

Fonte: O Alto Acre

Policial

Polícia Militar do Acre apreende drogas e arma de fogo em Rio Branco

Guarnições da Polícia Militar do Acre

Publicado

em

Guarnições da Polícia Militar do Acre (PMAC), durante serviço deste domingo, 5, apreendeu mais de um quilo de drogas e uma arma de fogo. As ocorrências se deram em bairros distintos de Rio Branco, onde duas pessoas foram presas e encaminhadas a Delegacia de Flagrantes (Defla).

O primeiro fato ocorreu no bairro Vila Acre, Ramal Polo Benfica. A guarnição do 2° Batalhão de Polícia Militar (2° BPM) apreendeu um revólver calibre 38, de fabricação estrangeira, junto com cinco munições, após ser acionada via Centro de Operações Policiais Militares (COPOM). Um homem foi preso no local.

A segunda ocorrência se deu no bairro Preventório, onde militares do Grupo de Intervenção Rápida Ostensiva (GIRO), do Batalhão de Operações Especiais (BOPE), apreendeu um quilo e trezentas gramas de oxidado de cocaína. Um homem de 37 anos foi preso.

Assessoria de Comunicação da PMAC

Continue lendo

Policial

Polícia Militar do Acre apreende arma de fogo e desarticula “boca de fumo” na Cidade do Povo

Guarnições do 2º Batalhão de Polícia

Publicado

em

Guarnições do 2º Batalhão de Polícia Militar (2º BPM) prenderam na noite deste domingo, 5, um homem de 19 anos, por porte ilegal de arma de fogo e tráfico de drogas. O fato ocorreu no Conjunto Habitacional Cidade do Povo, região do 2º distrito de Rio Branco.

Acionados via Centro de Operações Policiais Militares (COPOM) para realizar uma averiguação, as equipes realizavam patrulhamento quando visualizaram um cidadão, que ao notar a presença policial tentou se evadir. Os profissionais conseguiram realizar abordagem ao homem.

Durante a busca pessoal foram encontrados uma arma de fogo; revólver calibre 38, com seis munições; 48 barras de maconha; duas trouxinhas de cocaína; objetos utilizados para embalo da substância entorpecente, além de 101,00 reais, provavelmente provenientes da venda de drogas na região.

O homem recebeu voz de prisão e foi encaminhado à Delegacia de Flagrantes (Defla), para serem tomadas as medidas cabíveis ao caso.

Assessoria de Comunicação da PMAC

Continue lendo

Policial

Em Sena Madureira; PM e Polícia Civil apreendem arma de fogo e conduz os envolvidos para a delegacia

Publicado

em

A Polícia Militar, por meio do 2º Pelotão Destacado de Santa Rosa do Purus, na noite do dia 3 para 4 de fevereiro, em atuação com a Polícia Civil apreenderam uma arma de fogo, munições, droga e conduziram dois envolvidos, sendo um maior e um menor de idade pelos delitos praticados.

As forças policiais receberam informações acerca da prática de tráfico de drogas na rua Antônio Mendes. Ao se aproximarem do local indicado, os suspeitos empreenderam fuga, todavia, foram capturados pelos policiais. Durante as buscas foram encontradas porções de drogas aparentando ser maconha, 3 estojos de munições calibre 380 e 2 estojos calibre 9 milímetros, além de uma espingarda calibre 16.

Os suspeitos foram conduzidos e entregues à delegacia de Polícia Civil, local onde foram entregues também todo o material apreendido.

Assessoria do 8º BPM.

Continue lendo

Trending