Conecte-se conosco

Policial

Monique Medeiros deixa a prisão

A professora Monique Medeiros

Publicado

em

A professora Monique Medeiros deixou há pouco o Instituto Penal Santo Expedito, em Bangu, na zona oeste do Rio de Janeiro, onde estava presa desde o fim de junho. Ela carregava um terço em uma das mãos e entrou rapidamente no carro com os advogados. Algumas pessoas que estavam do lado de fora do presídio bateram na janela do carro e a chamaram de assassina.

Em decisão do ministro do Superior Tribunal de Justiça (STJ) João Otávio de Noronha, na sexta-feira (26), conforme pedido da defesa, Monique teve a prisão preventiva revogada e recebeu o direito de responder em liberdade o processo em que é ré por homicídio triplamente qualificado do seu filho Henry Borel, de 4 anos de idade, no dia 8 de março de 2021. Pelo mesmo crime responde o seu companheiro na época, o ex-vereador Jairo Souza dos Santos Júnior, o Dr. Jairinho.

O alvará de soltura foi assinado pelo juiz Daniel Werneck Cotta, da 2ª Vara Criminal da Capital, do Tribunal de Justiça do Rio de Janeiro (TJRJ). Ao atender a decisão do STJ, o magistrado destacou “que o alvará de soltura deverá ser expedido em favor da acusada, se não estiver presa por outro motivo”.

O juiz determinou ainda que Monique deverá comparecer àquele juízo todas as vezes que for intimada, comprometendo-se, “sob pena de revogação de liberdade, a não se ausentar de sua residência por longo período sem prévia autorização, bem como, não mudar de endereço sem a devida comunicação”. A ré deve também justificar suas atividades retornando ao juízo no prazo de 30 dias contados da data em que for posta em liberdade.

Domiciliar
Monique estava em prisão domiciliar, quando uma decisão do desembargador Joaquim Domingos de Almeida Neto, da 7ª Câmara Criminal do Tribunal de Justiça do Rio de Janeiro (TJRJ), acatou o pedido do Ministério Público do Estado do Rio de Janeiro (MPRJ) e definiu a volta dela ao presídio no dia 29 de junho.

A decisão do desembargador, que é relator do processo, contestou a decisão da 2ª Vara Criminal do Rio de Janeiro, do dia 5 de abril, que autorizou a transferência da professora para prisão domiciliar em endereço não conhecido por causa das supostas ameaças.

No despacho de retorno, o desembargador Joaquim Domingos de Almeida Neto indicou no despacho de retorno ao presídio, que por estar em local sigiloso, a fiscalização pelo Ministério Público fica prejudicada, como também a segurança da integridade de Monique pelo Estado.

Em nota, o Ministério Público do Estado do Rio de Janeiro (MPRJ) informou “que vai examinar dentro do prazo legal se irá recorrer da decisão”.

Fernando Fraga

Policial

Polícia Militar do Acre apreende drogas e arma de fogo em Rio Branco

Guarnições da Polícia Militar do Acre

Publicado

em

Guarnições da Polícia Militar do Acre (PMAC), durante serviço deste domingo, 5, apreendeu mais de um quilo de drogas e uma arma de fogo. As ocorrências se deram em bairros distintos de Rio Branco, onde duas pessoas foram presas e encaminhadas a Delegacia de Flagrantes (Defla).

O primeiro fato ocorreu no bairro Vila Acre, Ramal Polo Benfica. A guarnição do 2° Batalhão de Polícia Militar (2° BPM) apreendeu um revólver calibre 38, de fabricação estrangeira, junto com cinco munições, após ser acionada via Centro de Operações Policiais Militares (COPOM). Um homem foi preso no local.

A segunda ocorrência se deu no bairro Preventório, onde militares do Grupo de Intervenção Rápida Ostensiva (GIRO), do Batalhão de Operações Especiais (BOPE), apreendeu um quilo e trezentas gramas de oxidado de cocaína. Um homem de 37 anos foi preso.

Assessoria de Comunicação da PMAC

Continue lendo

Policial

Polícia Militar do Acre apreende arma de fogo e desarticula “boca de fumo” na Cidade do Povo

Guarnições do 2º Batalhão de Polícia

Publicado

em

Guarnições do 2º Batalhão de Polícia Militar (2º BPM) prenderam na noite deste domingo, 5, um homem de 19 anos, por porte ilegal de arma de fogo e tráfico de drogas. O fato ocorreu no Conjunto Habitacional Cidade do Povo, região do 2º distrito de Rio Branco.

Acionados via Centro de Operações Policiais Militares (COPOM) para realizar uma averiguação, as equipes realizavam patrulhamento quando visualizaram um cidadão, que ao notar a presença policial tentou se evadir. Os profissionais conseguiram realizar abordagem ao homem.

Durante a busca pessoal foram encontrados uma arma de fogo; revólver calibre 38, com seis munições; 48 barras de maconha; duas trouxinhas de cocaína; objetos utilizados para embalo da substância entorpecente, além de 101,00 reais, provavelmente provenientes da venda de drogas na região.

O homem recebeu voz de prisão e foi encaminhado à Delegacia de Flagrantes (Defla), para serem tomadas as medidas cabíveis ao caso.

Assessoria de Comunicação da PMAC

Continue lendo

Policial

Em Sena Madureira; PM e Polícia Civil apreendem arma de fogo e conduz os envolvidos para a delegacia

Publicado

em

A Polícia Militar, por meio do 2º Pelotão Destacado de Santa Rosa do Purus, na noite do dia 3 para 4 de fevereiro, em atuação com a Polícia Civil apreenderam uma arma de fogo, munições, droga e conduziram dois envolvidos, sendo um maior e um menor de idade pelos delitos praticados.

As forças policiais receberam informações acerca da prática de tráfico de drogas na rua Antônio Mendes. Ao se aproximarem do local indicado, os suspeitos empreenderam fuga, todavia, foram capturados pelos policiais. Durante as buscas foram encontradas porções de drogas aparentando ser maconha, 3 estojos de munições calibre 380 e 2 estojos calibre 9 milímetros, além de uma espingarda calibre 16.

Os suspeitos foram conduzidos e entregues à delegacia de Polícia Civil, local onde foram entregues também todo o material apreendido.

Assessoria do 8º BPM.

Continue lendo

Trending