Conecte-se conosco

Outras

Estudantes de Marechal Thaumaturgo recebem 352 Kits entregues pela Cruz Vermelha Brasileira e TJAC

352 Kits escolares foram entregues

Publicado

em

352 Kits escolares foram entregues no município de Marechal Thaumaturgo pela equipe do Tribunal de Justiça do Acre (TJAC) e da Cruz Vermelha Brasileira (CVB), nesta última semana de junho, para que crianças não deixem de frequentar as aulas por causa da falta de materiais escolares.

O projeto chamado “Volta às Aulas” é financiado pela Embaixada do Reino dos Países Baixos e tem objetivo de doar a estudantes em situação de vulnerabilidade itens básicos de material escolar, como: mochila, caderno, apontador, borracha, cola, tesoura sem ponta, lápis, grafite, lápis de cor, garrafa reutilizável de água, papel A4, estojo, manual de prevenção à covid-19, caixa de máscaras descartáveis infantis e frasco de álcool em gel.

Foto das equipes que entregaram o material junto com as crianças
A ação, realizada no Estado através da parceria entre o TJAC e a instituição de ajuda humanitária, já entregou os Kits em outros três municípios, Jordão, Porto Walter e Feijó. Agora, a última cidade a receber as doações será Santa Rosa do Purus.

As localidades foram escolhidas por terem baixo Índice de Desenvolvimento Humano (IDH). Ao todo estão sendo entregues 2.238 Kits, para crianças de 6 a 8 anos. Assim como nos outros municípios, em Marechal Thaumaturgo a equipe da Diretoria de Logistica (Dilog) do Judiciário acreano conta com apoio da prefeitura e das escolas beneficiadas para montagem e entrega dos kits.

Durante a assinatura do Termo de Custódia e Compromisso, em maio, a presidente do Tribunal de Justiça, desembargadora Waldirene Cordeiro, falou da alegria em poder contribuir com o trabalho da Cruz Vermelha Brasileira. A Justiça estadual está organizando toda a logística de montagem e distribuição dos Kits.

“É uma felicidade fazer parte da parceira com a Cruz Vermelha Brasileira para que a volta às aulas presenciais das crianças seja muito mais felizes e com o material necessário para que desenvolvam suas aptidões e competências na carreira inicial escolar”, comentou a desembargadora.

Alegria é o que não falta no projeto. A felicidade e gratidão está nas pessoas que auxiliam na concretização do projeto e também nos estudantes. Eles e elas, mesmo com timidez, recebem as mochilas, seguram orgulhosos o material, sorriem e distribuem abraços.

Outras

Duas mortes hoje pela Covid-19 (quinta-feira)

A Secretaria de Saúde do Acre

Publicado

em

A Secretaria de Saúde do Acre (Sesacre) confirmou mais duas mortes por Covid-19 nesta quinta-feira (18). Sem novos casos, o número de infectados se manteve em 147.922 e o total de mortos subiu para 2027 em todo o estado.

Há 41 exames de RT-PCR aguardando análise do Laboratório Central de Saúde Pública do Acre (Lacen) e 13 pacientes internados com a doença.

Mortes
Uma das vítimas é um morador de Rio Branco, de 76 anos, que deu entrada em uma unidade de saúde da capital no dia 8 de agosto e morreu no último dia 9.

A outra é uma idosa de 79 anos, moradora de Rio Branco, deu entrada em uma unidade de saúde da capital no dia 6 de agosto e faleceu no último dia 13.

G1

Continue lendo

Outras

Piracema de mandim devera passar no município de Sena Madureira em Setembro

As piracemas de mandim ainda

Publicado

em

As piracemas de mandim ainda não surgiram nos rios de Sena Madureira em 2022, diferente do que ocorria em anos anteriores, principalmente na década de 90. Os pescadores estão constantemente nos rios, principalmente no Purus, entretanto, a fartura com relação a essa espécie ainda não foi encontrada.

No mercado local, situado próximo à feira livre dos colonos, o consumidor pode encontrar o mandim, porém, esse produto está sendo trazido de outras cidades Acreanas e até mesmo de fora do Estado. Atualmente, o município de Boca do Acre (Amazonas) vem abastecendo o mercado de Sena.

Bastante experiente nessa atividade, o pescador Eduardo Martins considera que os tempos mudaram já que desde o ano passado não há piracemas de mandi na região. “Me recordo que teve ano que tinha tanto mandi aqui no mercado que a gente doava para a população para não estragar. Hoje, estamos trazendo o produto de outros locais porque não há piracemas. Outras espécies também estão em falta na nossa região”, comentou.

Por conta da importação, o preço do mandi é considerado ‘salgado’ em Sena Madureira e varia de 23 reais a 25 reais.

Continet e Acreaonline.net

Continue lendo

Outras

Preço da gasolina volta a baixar nos postos de Sena Madureira

A diminuição no preço da gasolina

Publicado

em

A diminuição no preço da gasolina, anunciada nesta semana pela Petrobras, começa a ser aplicada nos postos de combustíveis de Sena Madureira. No posto Avenida, por exemplo, o litro baixou para 6,19 reais. Antes estava custando 6,39 reais. Portanto, houve uma redução de 20 centavos.

Cabe frisar que esse decréscimo no preço da gasolina em Sena é variado, cabendo ao consumidor pesquisar para encontrar o menor valor.

A notícia é bastante animadora para os proprietários de veículos já que em datas anteriores o litro da gasolina em Sena Madureira chegou a custar 8,24 reais.

Continue lendo

Trending