Conecte-se conosco

Policial

Detento é espancado até a morte por companheiros de cela em presídio do Acre

O detento João Craveiro Chaves Júnior

Publicado

em

O detento João Craveiro Chaves Júnior foi espancado até a morte, na noite desta sexta-feira (3), dentro da própria cela no pavilhão “J” do Presídio Francisco de Oliveira Conde (FOC), em Rio Branco.

Segundo informações preliminares, João foi espancado pelos próprios companheiros de cela, ao retornar do banho de sol. Em uma ronda,os policiais penais ouviram gritos vindo do pavilhão e ao chegar no interior da cela, já viram João caído respirando pouco.

Os policiais penais acionaram o Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu), que enviou uma ambulância básica ao local, mas foi necessário acionar a viatura de suporte avançado para dar apoio, porém, quando os socorristas chegaram, só puderam atestar a morte de João.

Os detentos que estavam na mesma cela que João Craveiro foram encaminhados para a Delegacia de Flagrantes (Defla), onde serão interrogados pelo delegado plantonista.

Crimes de João Craveiro

O detento João Craveiro Chaves Júnior é acusado de ter participado da morte do motorista de caminhão Francisco Alves Maia, 56 anos, que estava desaparecido desde as 15h do dia 24 de maio de 2021, e foi encontrado morto dentro de uma cova rasa, na manhã da sexta-feira do dia 28 de maio de 2022.

O trabalhador tinha desaparecido após receber uma ligação e ser chamado para fazer um frete no Loteamento Praia do Amapá, na região do Segundo Distrito de Rio Branco.

Além da morte do ferreiro, João Craveiro é mandante de um crime ocorrido no dia 26 de abril de 2021 na região do Taquari, em Rio Branco. A vítima, Evandro Silva e Silva, teve a própria casa, localizada na Travessa do Sol, invadida por criminosos e foi morto a tiros.

ContilNet

Policial

Homem é preso por descumprimento de medida protetiva

Na tarde desta quinta-feira, 23, a Polícia Civil

Publicado

em

Na tarde desta quinta-feira, 23, a Polícia Civil por meio da Delegacia Especializada de Atendimento à Mulher (DEAM) prendeu F.F.A, de 41 anos de idade, em cumprimento ao mandado de prisão pelo delito de descumprimento de medidas protetivas de urgência, com base na Lei Maria da Penha.

O investigado, após receber a intimação das medidas protetivas em seu desfavor, não respeitou tal decisão judicial e, reiteradas vezes, descumpriu o limite mínimo de distância entre a vítima, e continuou indo à residência e ao comércio de sua ex-companheira, ameaçando-a, e a ofendendo moral e fisicamente.

Após a autoridade policial da DEAM tomar conhecimento sobre tais delitos, foi representado pela prisão preventiva em desfavor do agressor, e a ordem judicial foi expedida pela Vara de Proteção à Mulher da Comarca de Rio Branco/AC.
O mandado de prisão foi cumprido no bairro Conjunto Universitário III.
O preso foi conduzido à Delegacia de Flagrantes (DEFLA), onde ficará à disposição da justiça.

Ascom

Continue lendo

Policial

Duas pessoas são presas pelo crime de estupro

Nesta quinta-feira, 23, a Polícia Civil

Publicado

em

Nesta quinta-feira, 23, a Polícia Civil por meio da Delegacia Especializada de Atendimento à Mulher e de Proteção à Criança e ao Adolescente (DEMPCA), em Cruzeiro do Sul, prendeu A. C. D. S., de 23 anos, por descumprir medida de afastamento da vitima, após ser condenado em primeira instância pelo crime de estupro de vulnerável.

Ainda na manhã desta quinta-feira, 23, foi dado cumprimento a mais um mandado de prisão preventiva em desfavor de C. S. D. M., de 50 anos, em virtude de sentença condenatória pelo crime de estupro de vulnerável, a ser cumprida inicialmente em regime fechado.

Os presos foram conduzidos à sede da DEMPCA e em seguida à Unidade Prisional Manoel Neri onde permanecerão à disposição da Justiça.

Ascom/Policia Civil do Acre

Continue lendo

Policial

Farta quantidade de drogas é apreendida em presídio de Sena Madureira

Uma revista minuciosa promovida

Publicado

em

Uma revista minuciosa promovida por policiais penais lotados no presídio Evaristo de Moraes, em Sena Madureira, resultou em apreensão de uma farta quantidade de drogas (maconha e cocaína).

Na quarta-feira (22), dia dedicado às visitas, o material ilícito foi encontrado nas dependências do banheiro dedicado aos visitantes. “Parte do ilícito estava no vaso sanitário e o restante no encanamento do banheiro”, confirmou Francisco de Assis, diretor do presídio.

 

Ao todo, foram apreendidos: 50 macarrões de maconha, 16 tabletes, 03 barras e 03 trouxinhas que pesaram 313 gramas. Além disso, os policiais encontraram 49 gramas de cocaína e 01 trouxa com 23 gramas da mesma substância.

De acordo com a direção do presídio, a fiscalização continuará sendo intensificada com a meta de repelir o tráfico de drogas no referido local.

Contilnet

Continue lendo

Trending