Conecte-se conosco

Policial

Estupros costumam ocorrer dentro de casa e os autores são quase sempre conhecidos da vítima

Neste ano, um caso entre outros tantos de violência sexual

Publicado

em

Neste ano, um caso entre outros tantos de violência sexual contra crianças e adolescentes registrados no Acre chamou a atenção em Xapuri, onde um homem de 59 anos estuprou o próprio neto, que à época do crime tinha apenas 5 anos de idade. A pena, em razão dos agravantes do parentesco e da recorrência dos abusos, foi alta: 19 anos e 3 meses de reclusão em regime inicialmente fechado. O réu já está cumprindo a sentença, no presídio estadual Francisco de Oliveira Conde, em Rio Branco.

O caso acima, em que o nome do condenado foi omitido para preservar a vítima e a própria família, se enquadra naquilo que demonstra um artigo das especialistas Marina Bohnenberger, mestranda em Antropologia Social pela Universidade de São Paulo (USP) e Samira Bueno, doutora em Administração Pública e Governo pela Escola de Administração de Empresas de São Paulo da Fundação Getúlio Vargas (FGV EAESP) e diretora-executiva do Fórum Brasileiro de Segurança Pública.

O texto, publicado no Anuário Brasileiro de Segurança Pública, atualizado no dia 15 de julho desse ano, trata dos registros de violência sexual durante a pandemia de Covid-19 e apresenta análise dos microdados de estupros registrados no país durante o ano de 2020. Foram analisados 60.926 registros de violência sexual no Brasil, sendo 16.047 de estupro e 44.879 de estupro de vulnerável, provenientes dos boletins de ocorrência lavrados pelas Polícias Civis em todos os estados da Federação.

A relação do chocante caso ocorrido em Xapuri com o estudo das especialistas se dá porque ficou evidenciado que 85,2% dos autores dos crimes de violência sexual eram conhecidos das vítimas, quase sempre (96,3%) do sexo masculino, muitas vezes parentes ou outras pessoas próximas que têm livre acesso às crianças e tornam qualquer denúncia ainda mais difícil. Apenas 14,8% dos estupros no Brasil foram de autoria de desconhecidos das vítimas.

Outro fator que se encaixa no caso ocorrido em Xapuri é quanto à distribuição dos crimes de estupro e estupro de vulnerável. Enquanto os casos de estupro ocorrem majoritariamente aos sábados e domingos, os estupros de vulnerável, categoria em que a maioria das vítimas são crianças, ocorrem em maior proporção de segunda à sexta-feira, quando mães e outros responsáveis provavelmente saem para trabalhar e a criança fica mais vulnerável à violência sexual.

Subnotificação
Apesar do número elevado de casos no país, a pandemia parece ter contribuído para a redução dos registros de violência sexual, o que não necessariamente significa a redução da incidência. Isto porque os crimes sexuais apresentam altíssima subnotificação, e a falta de pesquisas periódicas de vitimização tornam ainda mais difícil sua mensuração. A análise nacional indica queda de 14,1% dos registros de estupro e estupro de vulnerável em 2020, tendência que se verificou em 24 Unidades Federadas.

Anuário Brasileiro de Segurança Pública
O Anuário Brasileiro de Segurança Pública se baseia em informações fornecidas pelas secretarias de segurança pública estaduais, pelas polícias civil, militar e federal, entre outras fontes oficiais da Segurança Pública. A publicação é uma ferramenta importante para a promoção da transparência e da prestação de contas na área, contribuindo para a melhoria da qualidade dos dados. Trata-se do mais amplo retrato da segurança pública brasileira.

Por Raimari Cardoso

Policial

Policia Civil prende trio acusado de estupro de vulnerável

A Polícia Civil, com apoio da Polícia Militar

Publicado

em

A Polícia Civil, com apoio da Polícia Militar, deu cumprimento a três mandados de prisão e busca e apreensão nos dias 18 e 19 de Janeiro 2022 e logrou êxito na prisão de L. F. do N. L. de 18 anos; F. A. M. de 22 anos e F. da C. do C. da S. F. de 20 anos. O trio é acusado acusado de estupro de vulnerável ocorrido no início de dezembro de 2021.

A vitima, uma adolescente de 13 anos, foi violentada no município de Jordão, interior do Acre. A vítima e a mãe da vítima foram ouvidas no início de janeiro do corrente ano, tendo já a autoridade policial Valdinei Soares Costa representado pela prisão dos envolvidos, e também pela busca e apreensão dos aparelhos celulares dos acusados, vez que, a vítima relatou que os autores, além de abusarem sexualmente da mesma, ainda gravaram toda a cena de abuso sexual.

O Ministério Público opinou pela expedição dos mandados de prisão e busca e apreensão, bem como, o Poder Judiciário atento aos anseios da sociedade de Jordão/AC prontamente deferiu os mandados, os quais foram devidamente cumpridos.

Vale ressaltar a agilidade na expedição dos mandados, e também a pronta resposta que foi dado no cumprimento dos mandados, pois, este tipo de crime não pode ser tolerado pela sociedade, muito mais, numa cidade pequena e distante como é Jordão/AC.

Os três presos agora serão recambiados para Tarauacá, onde irão ser interrogados sobre os fatos e posteriormente irão para o presidio Moacir Prado. Vale ressaltar que um dos acusados, após o crime foi pra zona rural de Jordão onde a equipe de policiais tiveram que navegar de barco por mais cinco horas para chegar ao local, onde o suspeito estava escondido, tendo êxito na prisão do mesmo.

Ascom

Continue lendo

Policial

Polícia Civil deflagra operação e cumpre oito mandados em Distrito de Vila Campinas no Acre

Na madrugada desta terça-feira

Publicado

em

Na madrugada desta terça-feira, 19, a Polícia Civil deflagrou operação de cumprimento de oito mandados de busca e apreensão no Distrito de Vila Campinas, distante 60 quilômetros da capital, em desfavor de supostos criminosos daquela localidade, apontados dentro das investigações realizadas pela equipe da Delegacia de Plácido de Castro como principais envolvidos em uma série de crimes contra o patrimônio, trafico de entorpecentes e integrar organização criminosa que age naquela região.

Durante a Operação, que teve cooperação do CORE – AC, foram apreendidos, aproximadamente, 6 (seis) aparelhos celulares que estavam em posse dos suspeitos e serão encaminhados à perícia criminal para análise já que, supostamente a maioria das ações criminosas eram feitas por meio de aplicativo de mensagens.
Além dos celulares, foram apreendidos pouco mais de 10 kg de carne proveniente de animais silvestres abatidos ilegalmente, dois pássaros (Curió) sem registro ou anilha de criador cadastrado, e uma quantia de pouco menos de R$ 5.000, 00 de procedência duvidosa, que não foi explicada.


Além do cumprimento dos mandados, os supostos envolvidos foram ouvidos informalmente e espontaneamente, sendo intimados a comparecer a delegacia de maneira formal para prestar declarações mais detalhadas acerca dos crimes dos quais são investigados.

O delegado titular Danilo César afirmou que as operações dessa madrugada são apenas o início de uma série de ações que pretendem identificar e apresentar às autoridades todos os agentes envolvidos com ORCRIM apontados pela investigação, crimes contra o patrimônio e tráfico de entorpecentes que tem agido na localidade e arredores.

A equipe da Coordenadoria de Operações e Recursos Especiais (CORE) da Policia Civil vem prestando apoio as incursões e permanecem com suporte investigativo para que as ações sejam cada vez mais frequentes e exitosas.

Ascom

Continue lendo

Policial

Bombeiros de Sena Madureira realizam mergulhos em busca de vitima de afogamento

 Os mergulhadores do Corpo de Bombeiros do município de Sena Madureira

Publicado

em

Os mergulhadores do Corpo de Bombeiros do município de Sena Madureira, foram acionados para realizar buscas por um jovem que desapareceu nas águas do Rio Purus, nas proximidades do município de Manoel Urbano.


Segundo informações, o jovem estava visitando parentes no município, quando passando pela ponte sobre o Rio Purus resolveu tirar fotos, perdendo o equilíbrio, caiu e desapareceu nas águas.
.
Até o momento o corpo do jovem não foi encontrado, as condições atuais do rio dificultam o mergulho de varredura. Assim, a equipe de mergulhadores segue no local realizando as buscas.

Ascom

Continue lendo

Trending