Conecte-se conosco

Policial

Magistradas do Acre são coautoras de livro ao lado de nomes do cenário nacional

A decana da Corte acreana

Publicado

em

A decana da Corte acreana, desembargadora Eva Evangelista e a juíza titular da 1ª Vara Cível da Comarca de Rio Branco e coordenadora Pedagógica da Escola do Poder Judiciário (Esjud), a juíza de Direito Zenice Mota participam como coautoras no livro ‘2020 – O ano em que mudou o mundo’, ainda na fase de pré-venda, pela editora Casa do Direito.

Compõe ainda o time de colaboradores do livro, personalidades do cenário nacional como o ex-chefe da Procuradoria Geral da República (PGR), Rodrigo Janot, e o senador Álvaro Dias.

Segundo o site Casa do Direito, “não é um livro sobre a Covid-19, mas um registro de diversos olhares das relações e consequências que sucederam desde então. É um testemunho multidisciplinar opinativo, que envolve Direito, Política, Psicologia, Medicina, Filosofia ou apenas o senso comum”.

 

Para a juíza de Direito Zenice Mota, disse que foi uma honra fazer parte do time de autores, e atraída pela concepção da iniciativa, logo abraçou a oportunidade. “O convite me seduziu pela ideia, que era trazer uma visão da época que vivíamos, dos mais variados profissionais. Pensei que a visão de uma juíza de 1º grau do Acre, não poderia ficar de fora, por isso aceitei o insistente convite do Prof. Leonardo. Também foi um desafio escrever, porque impôs reflexões sobre a mulher, mãe e sobre a magistratura acreana”, concluiu.

O professor Leonardo Castro, que também é oficial de justiça no TJAC, apesar de recusar a figura de organizador, pois segundo ele, desta forma os autores ficariam à vontade para falar sobre qualquer tema, é autor de mais de vinte livros publicados. Ele disse que o livro surgiu por acaso, em um bate-papo com Rodrigo Janot sobre as dificuldades enfrentadas durante esse período de transição.

Já é o segundo projeto que o professor Leonardo trabalha com a juíza Zenice Mota, e quando fez a escolha dos autores para “2020…”, e fez o convite, perguntou a Zenice: “quem é a pessoa que você mais admira?”. Assim surgiu o nome da desembargadora Eva Evangelista para compor a equipe de coautores.

A desembargadora Eva Evangelista, falou sobre a felicidade em receber o convite e a importância da obra. “Um prazer indizível a coautoria de uma obra voltada à percepção da fragilidade da vida humana no planeta afetado pela pandemia da Covid 19. Tempo de ressignificar os valores. Trata-se de uma reflexão sobre a valorização da vida, das pessoas e do acesso à Justiça à população vulnerável”, comentou.

A natureza do livro desde a concepção sempre foi de pluralidade, que os coautores não seriam apenas de carreiras jurídicas, desse modo, buscaram médicos, psicólogos, jornalistas, aposentados, policiais, juízes, advogados e outros.

Uma curiosidade é que Leonardo Castro além de organizador, também escreve um dos capítulos usando pseudômino, mas isso ele não revela.

O interessado poderá conhecer o livro e efetivar a reserva clicando aqui.

Policial

Polícia Civil prende adolescente envolvido em homicídio na cidade de Manoel Urbano

A Polícia Civil em Manoel Urbano apreendeu

Publicado

em

A Polícia Civil em Manoel Urbano apreendeu o adolescente T. C. S A, de 16 anos, envolvido no homicídio que vitimou a facadas GELSON VIEIRA DA SILVA na madrugada do sábado do dia 7 de maio no Porto da Escadaria, bairro Centro, da cidade de Manoel Urbano.

Após tomar conhecimento dos fatos com o encontro do corpo pela manhã por populares, a Polícia Civil adotou as medidas de polícia judiciária cabíveis, tendo formado uma linha investigativa que culminou na representação pela internação e deferida pelo juízo local.

O adolescente foi apreendido com todas suas garantias preservadas.
Vale destacar que ao número de mortes no Brasil caiu 6% de janeiro até março de 2022 em relação ao mesmo período do ano passado, tendo o Estado do Acre tido a MAIOR QUEDA DO Brasil com redução de 38% de mortes violentas e intencionais sendo destaque NACIONAL.

Cabe constitucionalmente à Polícia Civil, dirigida por delegados de polícia de carreira, as funções de polícia judiciária e a apuração de infrações penais.

Assim, a Polícia Civil com a elucidação da autoria, colheita de prova de materialidade e circunstâncias da prática dos crimes, a instituição comprova seu comprometimento na atuação combativa da criminalidade.

Ascom-Acreonline

Continue lendo

Policial

Polícia Civil prende faccionado acusado de participar da morte de indigna

Na manhã deste sábado, 21, a Polícia Civil

Publicado

em

Na manhã deste sábado, 21, a Polícia Civil em Feijó deu cumprimento ao mandado de prisão em desfavor de I.S.O, de 19 anos de idade, em razão de estar sendo investigado pela participação na morte do indígena Ribamar Barbosa Kaxinawá, morto no dia 07 de janeiro de 2022, numa região de mata, localizado nos arredores do bairro Vitória, na cidade de Feijó.

A vítima foi morta de forma cruel, sendo obrigada a cavar sua própria cova, foi alvejada por disparo de arma de fogo, e depois teve sua garganta cortada com uma faca.
Até o presente momento oito pessoas estão presas acusadas de participação no homicídio que chocou, sobretudo a comunidade indígena da cidade de Feijó.

De acordo com a investigação, o crime foi cometido de forma extremamente hedionda, não tendo a vítima qualquer chance de defesa. A morte se deu em razão de dívida de drogas.

Continue lendo

Policial

A Polícia Civil prendeu uma quadrilha pela prática delituosa de Abigeato

Na neste sábado, 21, a Polícia Civil

Publicado

em

Na neste sábado, 21, a Polícia Civil em Tarauacá prendeu uma quadrilha pela prática delituosa de Abigeato (furto de gado).
O trabalho investigativo da Polícia Civil possibilitou colher elementos probatórios do crime que vinha sendo cometido pelo bando contra pecuaristas da região.


A autoridade policial representou pela prisão dos envolvidos o que foi deferida pela justiça. Em posse dos mandados a equipe de policiais conseguiu capturar toda a quadrilha, em flagrante delito, em poder de 263Kg de carne bovina que seria vendida de forma ilegal. Um veículo de passeio modelo Palio, marca Fiat, que era usado pelos criminosos, também foi apreendido.

Durante a ação policial foram presos: R. L. S. – 19 anos, R. C. N. S. – 18 anos, J. A. Q. N. – 24 anos, F. C. V. S. – 27 anos, Y. S. R. – 19 anos e F. D. S. P. – de 20 anos.
De acordo com a autoridade policial, estima-se que mais de vinte cabeças de gado tenham sido furtadas pelo grupo criminoso, pelo menos sete ocorrências foram registradas pelos criadores.

A súcia foi conduzido a delegacia pra lavratura de auto de prisão em flagrante e em seguida colada a disposição da justiça.

Ascom

Continue lendo

Trending