Conecte-se conosco

Policial

MPAC inaugura unidade ministerial de Plácido de Castro

Abrindo o calendário de entrega das obras referentes

Publicado

em

Abrindo o calendário de entrega das obras referentes aos compromissos assumidos em sua gestão, a procuradora-geral de Justiça do Ministério Público do Estado do Acre (MPAC), Kátia Rejane de Araújo Rodrigues, entregou nesta segunda-feira, 04, a unidade do Ministério Público do Acre na cidade de Plácido de Castro.

O evento teve a presença do governador Gladson Cameli e de representantes do Tribunal de Justiça do Acre, Defensoria Pública do Acre, Assembleia Legislativa do Acre, Prefeitura de Plácido de Castro, Exército Brasileiro, Polícia Militar do Acre, Polícia Civil do Acre, Câmara de Vereadores, além de membros e servidores do MPAC.

A chefe do MP acreano destacou que o projeto de estruturação do MPAC no interior do estado visa melhorar o desempenho das atividades funcionais de membros e servidores, a fim de atender da melhor forma o cliente prioritário da instituição, ou seja, o cidadão. Além de Plácido de Castro, a gestão também está avançando na entrega de das unidades de Senador Guiomard, Manoel Urbano, Xapuri, Assis Brasil e Porto Acre.

“Colho mais esse resultado com alegria e uma gratidão imensa por todos aqueles que toparam comigo, de forma muito comprometida e responsável, o desafio de conduzir a atuação do MPAC nesses dois biênios. Aos que aqui ficarão para conduzir esse trabalho, o meu desejo é de que aproveitem as novas instalações e façam um trabalho exemplar, com a máxima dedicação, pois é isso que o nosso cliente prioritário, o cidadão, merece receber do Ministério Público”, disse a procuradora-geral.

Vencendo em meio aos desafios

A chefe do MP acreano também fez uma fala agradecendo o empenho da equipe que a acompanha ao longo de sua gestão e que esteve diretamente envolvida na obra de construção da unidade ministerial de Plácido de Castro. Entre os destaques, reforçou seus agradecimentos ao secretário-geral do MPAC, promotor de Justiça Rodrigo Curti.

“Além de não ter poupado esforços para que chegássemos a esse momento de inaugurar a obra ainda este ano, o doutor rodrigo também é o responsável por conduzir um grande projeto de modernização de equipamentos e sistemas tecnológicos na nossa instituição, que muito contribuiu para a melhoria, o aperfeiçoamento, o treinamento, a celeridade e a qualidade do trabalho que prestamos à justiça e a sociedade. Por tudo isso e muito mais, eu registro a minha gratidão por todos os resultados que o seu perfil de gestor comprometido tem trazido à nossa equipe e, principalmente, ao Ministério Público”, disse a PGJ.

O secretário-geral do MPAC, Rodrigo Curti, frisou seu compromisso com a instituição e lembrou os esforços empreendidos para dar vida ao projeto, mesmo em meio a um cenário de desafios. “Mesmo em plena pandemia e em meio a todos os desafios impostos por ela, conseguimos, através dos esforços da nossa equipe, construir essa unidade. A doutora Kátia Rejane e toda a nossa equipe envolvida está de parabéns. Quem ganha é a sociedade”, disse.

Em benefício da população

A unidade ministerial de Plácido de Castro conta com mais de 300 metros quadrados de instalação, tendo um projeto moderno e inovador, pensado para atender a população com conforto, qualidade e segurança. O promotor de Justiça, titular da Promotoria de Plácido de Castro, José Lucivan Nery, destacou a importância da unidade para o trabalho do MPAC com a população placidiana.

“A doutora Kátia tem essa visão de futuro para a instituição, vindo a estruturá-la e dar melhores condições de trabalho para os seus membros e servidores e a população, que merece receber um serviço com qualidade. A Promotoria ficou ampla, moderna, todos os equipamentos e móveis são novos e com um auditório moderno onde poderemos ceder, inclusive, o espaço do auditório para demandas da população”, disse o promotor.

O governador Gladson Cameli parabenizou o MPAC pela iniciativa e agradeceu a instituição por ter sido uma grande parceira do Poder Executivo na gestão da crise gerada pela pandemia da Covid-19. “O Ministério Público é um grande parceiro do governo nas ações que beneficiam a nossa população. A presença do Estado de Direito para a nossa população é fundamental, porque o que as pessoas querem é aquilo que a elas é assegurado pela constituição”, disse o governador.

Homenagens

A unidade Ministerial de Plácido de Castro leva o nome do procurador de Justiça Francisco Matias de Souza, falecido em junho deste ano. O membro do MPAC exerceu o cargo de corregedor-geral do Ministério Público do Acre entre os anos de 1995 e 1999. Já aposentado de suas funções ministeriais, deixou contribuições importantes para o aperfeiçoamento da Instituição em prol da sociedade acreana.

Representando a família do procurador homenageado, estiveram presentes para receber a placa de homenagem, a esposa Marilda Maia de Souza, a filha Kiyomi Nishizawa de Souza, além de outros parentes e amigos da família. “Agradeço muito ao Ministério Público, à doutora Kátia Rejane por essa homenagem. Meu esposo se dedicava muito ao Ministério Público e se sentia muito feliz e honrado por servir a essa instituição”, agradeceu a esposa.

A PGJ disse que o procurador Francisco Matias ajudou a construir os 58 anos de história do Ministério Público do Acre e está marcado na memória da instituição. “Toda vez que olharmos para essa Promotoria e todo o benefício humano e de justiça que ela traz à sociedade, iremos nos lembrar do nome do doutor Francisco Matias e da atuação exemplar que ele dedicou ao Ministério Público”, externou a PGJ.

Ana Paula Pojo – Agência de notícias do MPAC

Policial

Polícia Civil prende adolescente envolvido em homicídio na cidade de Manoel Urbano

A Polícia Civil em Manoel Urbano apreendeu

Publicado

em

A Polícia Civil em Manoel Urbano apreendeu o adolescente T. C. S A, de 16 anos, envolvido no homicídio que vitimou a facadas GELSON VIEIRA DA SILVA na madrugada do sábado do dia 7 de maio no Porto da Escadaria, bairro Centro, da cidade de Manoel Urbano.

Após tomar conhecimento dos fatos com o encontro do corpo pela manhã por populares, a Polícia Civil adotou as medidas de polícia judiciária cabíveis, tendo formado uma linha investigativa que culminou na representação pela internação e deferida pelo juízo local.

O adolescente foi apreendido com todas suas garantias preservadas.
Vale destacar que ao número de mortes no Brasil caiu 6% de janeiro até março de 2022 em relação ao mesmo período do ano passado, tendo o Estado do Acre tido a MAIOR QUEDA DO Brasil com redução de 38% de mortes violentas e intencionais sendo destaque NACIONAL.

Cabe constitucionalmente à Polícia Civil, dirigida por delegados de polícia de carreira, as funções de polícia judiciária e a apuração de infrações penais.

Assim, a Polícia Civil com a elucidação da autoria, colheita de prova de materialidade e circunstâncias da prática dos crimes, a instituição comprova seu comprometimento na atuação combativa da criminalidade.

Ascom-Acreonline

Continue lendo

Policial

Polícia Civil prende faccionado acusado de participar da morte de indigna

Na manhã deste sábado, 21, a Polícia Civil

Publicado

em

Na manhã deste sábado, 21, a Polícia Civil em Feijó deu cumprimento ao mandado de prisão em desfavor de I.S.O, de 19 anos de idade, em razão de estar sendo investigado pela participação na morte do indígena Ribamar Barbosa Kaxinawá, morto no dia 07 de janeiro de 2022, numa região de mata, localizado nos arredores do bairro Vitória, na cidade de Feijó.

A vítima foi morta de forma cruel, sendo obrigada a cavar sua própria cova, foi alvejada por disparo de arma de fogo, e depois teve sua garganta cortada com uma faca.
Até o presente momento oito pessoas estão presas acusadas de participação no homicídio que chocou, sobretudo a comunidade indígena da cidade de Feijó.

De acordo com a investigação, o crime foi cometido de forma extremamente hedionda, não tendo a vítima qualquer chance de defesa. A morte se deu em razão de dívida de drogas.

Continue lendo

Policial

A Polícia Civil prendeu uma quadrilha pela prática delituosa de Abigeato

Na neste sábado, 21, a Polícia Civil

Publicado

em

Na neste sábado, 21, a Polícia Civil em Tarauacá prendeu uma quadrilha pela prática delituosa de Abigeato (furto de gado).
O trabalho investigativo da Polícia Civil possibilitou colher elementos probatórios do crime que vinha sendo cometido pelo bando contra pecuaristas da região.


A autoridade policial representou pela prisão dos envolvidos o que foi deferida pela justiça. Em posse dos mandados a equipe de policiais conseguiu capturar toda a quadrilha, em flagrante delito, em poder de 263Kg de carne bovina que seria vendida de forma ilegal. Um veículo de passeio modelo Palio, marca Fiat, que era usado pelos criminosos, também foi apreendido.

Durante a ação policial foram presos: R. L. S. – 19 anos, R. C. N. S. – 18 anos, J. A. Q. N. – 24 anos, F. C. V. S. – 27 anos, Y. S. R. – 19 anos e F. D. S. P. – de 20 anos.
De acordo com a autoridade policial, estima-se que mais de vinte cabeças de gado tenham sido furtadas pelo grupo criminoso, pelo menos sete ocorrências foram registradas pelos criadores.

A súcia foi conduzido a delegacia pra lavratura de auto de prisão em flagrante e em seguida colada a disposição da justiça.

Ascom

Continue lendo

Trending