Conecte-se conosco

Policial

Presos fazem greve de fome e famílias denunciam maus-tratos e roubos de pertences por policiais penais

Detentos do regime fechado da penitenciária

Publicado

em

Detentos do regime fechado da penitenciária Francisco de Oliveira Conde entraram em greve de fome a partir de segunda-feira, 30, protestando contra atrasos na progressão de penas. Em carta aberta, eles denunciam que há presos que estão com direito a progressão há quatro, oito meses, até um ano, sem que seus processos sejam tocados. E apelas para a intercessão do Ministério Público e da Defensoria Pública, afirmando que não se alimentarão até ter resposta de seus pleitos. Todos os detentos dos pavilhões H.I,J. K e L, do “chapão” vão participar do protesto.

Maus-tratos

E familiares de presos do pavilhão J, do complexo penitenciário FOC denunciaram a ação dos policiais penas que, no dia 19 de agosto, forçaram os presos a focarem fora das celas, ao sol, por mais de seis horas, provocando queimaduras e revelando maus-tratos.

Os familiares denunciam ainda que os policiais penais teria levado os pertences de todos os detentos, enviados pelos familiares, sem dar nenhuma satisfação, o que eles qualificam de roubo.

As famílias reivindicam o ressarcimento de tudo que foi retirado dos alojamentos, levado por familiares e dizem esperar que seja apurado quem foram os policiais penais autores do ato, para que estes sejam identificados e devidamente punidos.

Eis a íntegra da carta dos familiares denunciando roubo e maus tratos na penitenciária:

NOTA DE REPÚDIO

Os familiares dos detentos que se encontram alojados no pavilhão J, do complexo penitenciário Francisco de Oliveira Conde (FOC), por meio desta nota, vêm pedir que sejam tomadas as devidas providências em relação ao episódio ocorrido no dia 19/08/2021. Ocorre que, alguns policiais penais entraram no referido pavilhão, usando de forma maior para oprimir os detentos, tendo sido estes colocados, como punição, sob o sol por um período de mais de 6 horas. Ademais, todos os pertences dos presos tais como lençóis, toalhas, fardas, colchões e ventiladores foram levados pelos policiais. As famílias desejam o ressarcimento de tudo que foi retirado dos alojamentos, uma vez que foram os familiares que compraram os referidos itens. As famílias ainda, esperam que seja apurado quem foram os policiais penais autores do ato, para que estes sejam identificados e devidamente punidos.

Nós, familiares pedimos o apoio do ilustre Governador Gladson Cameli, do Ministério Público, da Defensoria Pública e também do Sr. Secretário de Segurança, para que não venha mais a ocorrer tal prática, visto que isso tem sido algo contante. Apesar do medo de represálias, as famílias querem que isso tenha um fim, em virtude das diversas ameaças sofridas pelos presos, onde muitos deles acabam sofrendo algum tipo de lesão/ferimento, para que não haja incidência de consequências mais desastrosas.

Fonte-A Tribuna

Policial

Polícia Civil prende adolescente envolvido em homicídio na cidade de Manoel Urbano

A Polícia Civil em Manoel Urbano apreendeu

Publicado

em

A Polícia Civil em Manoel Urbano apreendeu o adolescente T. C. S A, de 16 anos, envolvido no homicídio que vitimou a facadas GELSON VIEIRA DA SILVA na madrugada do sábado do dia 7 de maio no Porto da Escadaria, bairro Centro, da cidade de Manoel Urbano.

Após tomar conhecimento dos fatos com o encontro do corpo pela manhã por populares, a Polícia Civil adotou as medidas de polícia judiciária cabíveis, tendo formado uma linha investigativa que culminou na representação pela internação e deferida pelo juízo local.

O adolescente foi apreendido com todas suas garantias preservadas.
Vale destacar que ao número de mortes no Brasil caiu 6% de janeiro até março de 2022 em relação ao mesmo período do ano passado, tendo o Estado do Acre tido a MAIOR QUEDA DO Brasil com redução de 38% de mortes violentas e intencionais sendo destaque NACIONAL.

Cabe constitucionalmente à Polícia Civil, dirigida por delegados de polícia de carreira, as funções de polícia judiciária e a apuração de infrações penais.

Assim, a Polícia Civil com a elucidação da autoria, colheita de prova de materialidade e circunstâncias da prática dos crimes, a instituição comprova seu comprometimento na atuação combativa da criminalidade.

Ascom-Acreonline

Continue lendo

Policial

Polícia Civil prende faccionado acusado de participar da morte de indigna

Na manhã deste sábado, 21, a Polícia Civil

Publicado

em

Na manhã deste sábado, 21, a Polícia Civil em Feijó deu cumprimento ao mandado de prisão em desfavor de I.S.O, de 19 anos de idade, em razão de estar sendo investigado pela participação na morte do indígena Ribamar Barbosa Kaxinawá, morto no dia 07 de janeiro de 2022, numa região de mata, localizado nos arredores do bairro Vitória, na cidade de Feijó.

A vítima foi morta de forma cruel, sendo obrigada a cavar sua própria cova, foi alvejada por disparo de arma de fogo, e depois teve sua garganta cortada com uma faca.
Até o presente momento oito pessoas estão presas acusadas de participação no homicídio que chocou, sobretudo a comunidade indígena da cidade de Feijó.

De acordo com a investigação, o crime foi cometido de forma extremamente hedionda, não tendo a vítima qualquer chance de defesa. A morte se deu em razão de dívida de drogas.

Continue lendo

Policial

A Polícia Civil prendeu uma quadrilha pela prática delituosa de Abigeato

Na neste sábado, 21, a Polícia Civil

Publicado

em

Na neste sábado, 21, a Polícia Civil em Tarauacá prendeu uma quadrilha pela prática delituosa de Abigeato (furto de gado).
O trabalho investigativo da Polícia Civil possibilitou colher elementos probatórios do crime que vinha sendo cometido pelo bando contra pecuaristas da região.


A autoridade policial representou pela prisão dos envolvidos o que foi deferida pela justiça. Em posse dos mandados a equipe de policiais conseguiu capturar toda a quadrilha, em flagrante delito, em poder de 263Kg de carne bovina que seria vendida de forma ilegal. Um veículo de passeio modelo Palio, marca Fiat, que era usado pelos criminosos, também foi apreendido.

Durante a ação policial foram presos: R. L. S. – 19 anos, R. C. N. S. – 18 anos, J. A. Q. N. – 24 anos, F. C. V. S. – 27 anos, Y. S. R. – 19 anos e F. D. S. P. – de 20 anos.
De acordo com a autoridade policial, estima-se que mais de vinte cabeças de gado tenham sido furtadas pelo grupo criminoso, pelo menos sete ocorrências foram registradas pelos criadores.

A súcia foi conduzido a delegacia pra lavratura de auto de prisão em flagrante e em seguida colada a disposição da justiça.

Ascom

Continue lendo

Trending