Conecte-se conosco

Outras

Estudo: anticorpos de quem teve covid-19 não protegem contra variante

Testes em laboratório mostram que variante Gamma não é neutralizada

Publicado

em

Estudo internacional com participação de pesquisadores da Universidade de São Paulo (USP) revela um mecanismo que explica o motivo pelo qual ocorrem as reinfecções de covid-19. Testes em laboratório mostraram que a variante Gamma, anteriormente conhecida como P.1, originada no Brasil, é capaz de escapar dos anticorpos neutralizantes que são gerados pelo sistema imunológico a partir de uma infecção anterior com outras variantes do coronavírus.

Os pesquisadores destacam, no entanto, que os resultados foram obtidos in vitro, ou seja, em laboratório. Além disso, o estudo não inclui outros tipos de resposta imune do organismo, como imunidade celular. “É fundamental entender que pessoas infectadas podem ser infectadas novamente”, aponta William Marciel de Souza, da Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto da USP, primeiro autor do artigo. O trabalho foi publicado como artigo na revista científica The Lancet em 8 de julho.

Foram analisadas amostras do plasma de pacientes que tiveram a doença, e também de pessoas imunizadas pela vacina CoronaVac. “A pesquisa mostra que pessoas que foram vacinadas ainda estão suscetíveis à infecção, se você tomou a vacina continue usando máscara, continue com distanciamento social, continue usando as medidas de higiene para evitar a transmissão para outras pessoas”, aconselha o pesquisador.

Souza lembra que os estudos clínicos mostram a eficiência da CoronaVac contra formas graves da doença, reduzindo internações e mortes. “A vacina não é contra infecção, infecção pode acontecer a qualquer momento, com qualquer vacina, o objetivo da vacina é contra a doença, a forma grave, da pessoa morrer, ter sequelas graves.”

Outros estudos

O pesquisador citou outro estudo que analisou casos de covid-19 em idosos moradores de um convento e uma casa de repouso. Ele aponta que, embora os locais fossem pouco movimentados, o vírus entrou nessas moradias e infectou as pessoas com mais 70 anos que estavam vacinadas. “Mesmo com idade bem avançada quase todos foram assintomáticos ou com sintomas leves, não precisaram de hospitalização. Isso mostra a importância das vacinas.”

Sobre a variante Delta, Souza aponta que os estudos também vêm demonstrando a proteção contra formas mais graves da doença. “Mesmo locais com alta taxa de vacinação, por exemplo os Estados Unidos, em que hoje a Delta é a linhagem mais dominante, o número de mortes e hospitalizados não aumentou mesmo com a introdução dela.

Agência Brasil – São Paulo

Outras

Crianças em tratamento no Hospital do Câncer ganham espetáculo do Circo Broadway

“Palmas, palmas, o circo chegou!”

Publicado

em

“Palmas, palmas, o circo chegou!”: foi nesse clima de alegria que as mais de 30 crianças que fazem tratamento contra o câncer na Unidade de Alta Complexidade em Oncologia do Acre (Unacon), ou Hospital de Câncer, assistiram, em Rio Branco, a um espetáculo gratuito que o Circo Broadway proporcionou a elas e a familiares, além da equipe de apoio, dos servidores e de seus filhos, no fim da tarde desta quarta-feira, 22.

Circo Broadway proporcionou um espetáculo gratuito a crianças com câncer Foto: Pedro Devani/Secom.
Sensível à realidade desses pequenos na luta contra uma doença tão agressiva, e também ao trabalho que a equipe multidisciplinar desempenha no tratamento dos pequenos pacientes, a direção do circo, num gesto de generosidade, procurou a coordenação do Hospital do Câncer, oferecendo a oportunidade de entretenimento.

Em parceria com o Gabinete da Primeira-Dama, Ana Paula Cameli, o hospital viabilizou o passeio, contando também com a ajuda do Corpo de Bombeiros Militar, que disponibilizou o ônibus para efetuar o transporte das crianças até a Arena da Floresta, onde foi realizado o espetáculo.


Brincadeiras, palhaços, globo da morte, malabares e diversas outras atrações distraíram a meninada. “Estou achando muito legal e divertido, é a minha primeira vez no circo”, disse Lorenzo Oliveira, de 5 anos, que está em tratamento há um mês.

“O evento vai fazer muito bem a ele, estamos aqui para alegrar a sua vida”, disse sua mãe, Paula Oliveira, com lágrimas nos olhos.

“Ações como essa mostram quão solidários somos. Meus agradecimentos ao Circo Broadway e ao governo do Estado, por promoverem um momento tão alegre para as crianças”, destacou Ana Paula Cameli.

O apresentador e diretor do circo, Robert Ramito, afirmou: “Para nós é satisfatório doar esse espetáculo, pois todos devemos contribuir. Estamos abertos a outras apresentações, pois as crianças precisam de alegria”.


O evento se deu exatamente durante o Setembro Dourado, mês escolhido para intensificar a conscientização sobre a importância do diagnóstico precoce do câncer infanto-juvenil.

Unacon
A Unacon faz parte do complexo de serviços e atividades da Fundação Hospital Estadual do Acre (Fundhacre) desde 2007, atendendo também pacientes dos estados vizinhos, Rondônia, Amazonas e Roraima, e até mesmo da Bolívia e Peru. Oferece tratamento de quimioterapia adulta e infantil, cirurgias oncológicas e radioterapia. Possui 16 leitos de internação adultos e funciona todos os dias da semana, inclusive com emergência oncológica, 24 horas por dia.

Por Neide Santos e Emilly Souza

Continue lendo

Outras

Fortes ventos causam prejuízos em Tarauacá

Na última terça-feira, 21, o 7° Batalhão foi acionado para atender

Publicado

em

Na última terça-feira, 21, o 7° Batalhão foi acionado para atender uma ocorrência de queda de árvore, no bairro do Corcovado, em Tarauacá.
.
O forte temporal que atingiu o município acabou derrubando a árvore que caiu em cima de uma casa e derrubou um ponto de ônibus.
.
Na casa só houve pequenos estragos e ninguém ferido. No ponto de ônibus não havia ninguém abrigado na hora do incidente.
.
O Corpo de Bombeiros de Tarauacá faz um alerta para população para ter cuidado com os temporais que possam atingir a cidade. Qualquer emergência, ligar para o 193.

Continue lendo

Outras

Motoristas voltam a circular com 100% da frota de ônibus após acordo com empresa

A população de Rio Branco volta a ter 100% da frota de ônibus

Publicado

em

A população de Rio Branco volta a ter 100% da frota de ônibus circulando nesta quarta-feira, 22, após os motoristas da Auto Viação Floresta aceitarem o que foi acordado com a empresa. Antes disso, somente os funcionários de outra empresa estavam desempenhando as atividades na rua.

Com o retorno das atividades, os funcionários também passam a seguir a liminar do desembargador Shikou Sadahiro, do Tribunal Regional do Trabalho da 14ª Região (TRT-RO), que determina a manutenção de pelo menos 90% da frota em circulação nos momentos de pico e de 70% em horários normais mesmo em situação de greve categoria.

Em caso de descumprimento, foi estabelecida multa diária de R$ 50 mil e mais uma multa de R$ 10 mil por ônibus parado, uma vez que a Lei de Greve classifica o transporte coletivo urbano de passageiros como atividade essencial que deve ser mantida por empregadores e trabalhadores durante as paralisações.

O Sindicato dos Trabalhadores em Transporte de Passageiros e de Cargas do Estado do Acre não reconheceu o movimento de greve e afirmou que o ato se tratava de uma ação isolada e com fins “políticos”.

As empresas de coletivo da capital asseguram que com o repasse de R$ 2,5 milhões por parte da prefeitura será possível quitar todas as dívidas com os trabalhadores e ainda reduzir o preço da tarifa de ônibus para R$ 3,50 ou menos. O município está empenhado em seguir com esse acordo a fim de garantir o pagamento aos trabalhadores e baixar o valor da passagem.

Por Thais Farias

Continue lendo

Trending