Conecte-se conosco

Esporte

Atlético-MG e Boca Juniors decidem nesta terça-feira

Atlético-MG e Boca Juniors decidem nesta terça-feira (20), às 19h15min

Publicado

em

Atlético-MG e Boca Juniors decidem nesta terça-feira (20), às 19h15min, no Mineirão, quem avança às quartas de final da Copa Libertadores da América. O jogo de ida terminou com o empate em 0 a 0, em Buenos Aires (Argentina). As duas equipes adotaram estratégias diferentes em seus respectivos compromissos nos campeonatos nacionais antes de se enfrentarem novamente.

O time argentino decidiu poupar todos os titulares no empate em 1 a 1 diante do Unión Santa Fé, na primeira rodada do Campeonato Argentino. Somente no decorrer da partida que o técnico Miguel Ángel Russo utilizou alguns atletas que vão começar o jogo desta terça-feira.

Por outro lado, Cuca decidiu utilizar praticamente o que tinha de melhor contra o Corinthians pelo Campeonato Brasileiro, e derrotou o Timão por 2 a 1, de virada, alcançando a segunda posição. O técnico explicou o motivo.

“Se o jogador está saudável, está com predisposição para o jogo, não tem necessidade de você tirar o jogador porque ele vai cansar ou ficar em casa descansado. Não, é um campeonato importantíssimo que a gente não ganha há 50 anos. Nós temos que entrar com força máxima. Lógico que eu poupei alguns jogadores, mas os demais tinham condições de jogo e por isso nós fomos com a força máxima dentro do possível. A gente não pode abrir mão de qualquer jogo, o campeonato é muito difícil”, disse o treinador durante coletiva.

As escolhas de Cuca estão dando resultado. Mesmo com o clima favorável, o técnico não quer perder o foco.

“Eu acho que estamos fazendo tudo o que podemos. Lógico que sempre tem o que se melhorar, mas acho que o torcedor do Atlético, hoje, tem que comemorar e ficar muito feliz. A gente não, você ganhou um domingo de paz, mas a segunda-feira já tem concentração e tem o Boca pela frente. Se você tropeçar, tudo muda. Então temos que dar sequência a este momento que vivemos da melhor forma. A gente não sabe até onde vai, de que forma vai, mas a gente vai deixar tudo no campo. Esse é o nosso grande desafio”.

Para o confronto desta terça (20), Cuca deverá ter os retornos de Savarino e Nacho Fernández, poupados contra o Corinthianns. O zagueiro Igor Rabello cumpriu suspensão no último sábado e está à disposição de Cuca. Ainda no setor defensivo, Réver se recupera de uma inflamação no cotovelo esquerdo e não tem presença garantida, assim como Keno e Marrony, que voltam de lesão. Eduardo Vargas testou positivo para covid-19 e está fora da partida.

Esporte

Libertadores: Fla luta por vaga nas quartas com Defensa y Justicia

O Flamengo faz na noite desta quarta-feira

Publicado

em

O Flamengo faz na noite desta quarta-feira (21) o segundo e decisivo jogo contra o Defensa y Justicia (Argentina), pelas oitavas de final da Copa Libertadores da América. O duelo, às 21h30 (horário de Brasília), contará com presença de público no estádio Mané Garricha, no Distrito Federal. O confronto será transmitido ao vivo pela Rádio Nacional, com narração de André Luiz Mendes, comentários de Waldir Luiz e plantão de notícias com Bruno Mendes.

A comercialização de ingressos foi permitida para 25% da capacidade do estádio, o equivalente a cerca de 18 mil torcedores. A entrada estará autorizada apenas aos torcedores que comprovarem a imunização completa (segunda dose da vacina contra a covid-19 ou dose única) ou apresentarem exame PCR com resultado negativo.

Como no duelo de ida os rubro-negros venceram por 1 a 0 em Santa Rosa, província de Grande Buenos Aires (Argentina), um simples empate será o suficiente para classificação do time carioca. Caso os argentinos vençam por 1 a 0 na noite de hoje (21), a vaga para as quartas de final será decidida em cobranças de pênaltis. Para o Defensa passar de fase no tempo regulamentar, terá de vencer por dois gols ou mais de vantagem, ou triunfar por um gol de diferença, diferente de 1 a 0.

Além de ter vencido a primeira partida das oitavas, o Flamengo vem embalado após vencer o Bahia por 5 a 0 no último domingo (18) pela 12ª rodada da Série A do Campeonato Brasileiro. Além disso, os cariocas engataram a terceira vitória consecutiva (Chapecoense, Defensa y Justicia e Bahia) contra os baianos, as duas últimas sob o comando de Renato Gaúcho, contratado como técnico no último dia 12 para substituir Rogério Ceni.

Quem joga
Para a partida desta noite, Renato Gaúcho poderá contar com os retornos do zagueiro Rodrigo Caio e do atacante Bruno Henrique, recuperados de problemas físicos. A dupla deve começar no time titular. Desta forma, Michael volta para o banco de reservas. Já na zaga, Léo Pereira e Gustavo Henrique disputam vaga para saber quem começa jogando. A provável escalação deve ser com Diego Alves, Mauricio Isla, Rodrigo Caio, Gustavo Henrique (Léo Pereira) e Filipe Luís; Willian Arão, Diego, Everton Ribeiro, Arrascaeta, Bruno Henrique e Gabigol.

Continue lendo

Esporte

Na estreia de Renato Gaúcho, Flamengo enfrenta Defensa y Justici

O Flamengo enfrenta o Defensa y Justicia às 21h30 (horário de Brasília) da noite desta quarta-feira

Publicado

em

O Flamengo enfrenta o Defensa y Justicia às 21h30 (horário de Brasília) da noite desta quarta-feira (14), no estádio Norberto “Tito” Tomaghello, na província de Buenos Aires. A partida será o duelo de ida das oitavas de final da Copa Libertadores da América e marcará a estreia do técnico Renato Gaúcho como técnico do Rubro-Negro. A Rádio Nacional transmite a partida ao vivo a partir das 21h30, com narração de André Marques, comentários de Mário Silva, reportagens de Rafael Monteiro e plantão de Luiz Ferreira.

Além de enfrentar o adversário argentino, o treinador também terá que lidar com uma extensa lista de desfalques. O zagueiro Rodrigo Caio, o atacante Bruno Henrique e o meia Diego ainda estão se recuperando de lesões e não ficam à disposição para o confronto. Expulso na fase de grupos do torneio, Arão ainda terá que cumprir mais um jogo de suspensão. Por outro lado, Renato Gaúcho poderá contar com o centroavante Gabriel Barbosa, que não joga pela equipe há 46 dias. O último jogo foi o 0 a 0 contra o Vélez Sarsfield, no final da fase de grupos da competição.

Do lado dos argentinos, a principal baixa é a saída do atacante Braian Romero. No clube desde 2019, ele já havia feito 21 gols em 31 jogos nessa temporada, sendo seis na primeira fase da Libertadores. O atacante foi contratado pelo River Plate para ser o substituto de Rafael Borré, que foi negociado com o Eintracht Frankfurt. Outra saída foi a do volante Enzo Fernández. O jogador também foi para o River Plate.

A partida de volta do duelo será realizada na quarta-feira (21) no Maracanã.

Continue lendo

Esporte

Jejum de títulos da Argentina não pesa em final com o Brasil, diz Tite

Os 28 anos de seca da Argentina sem conquistar um título importante não terão influência

Publicado

em

Os 28 anos de seca da Argentina sem conquistar um título importante não terão influência na final da Copa América contra o Brasil, neste sábado (10), no Maracanã, disse o técnico Tite nesta sexta-feira (9).

Os dois gigantes sul-americanos se enfrentarão no Rio de Janeiro com a longa seca na Argentina mais uma vez no centro das conversas.

Os visitantes não conquistam um título importante desde a Copa América de 1993, e seu melhor jogador, Lionel Messi, nunca ganhou um troféu importante jogando pela seleção nacional.

“Isso é passado, quando a gente fica olhando para passado não é referência”, disse Tite sobre a seca argentina. “Nós estamos invictos na Copa América, os números são os melhores das duas Copas Américas, então não vejo significado maior.”

A expectativa e as brincadeiras aumentaram em ambos os lados. Na quinta (8), o presidente Jair Bolsonaro disse ao presidente argentino, Alberto Fernández, que o Brasil venceria por 5 a 0, mas Tite minimizou os jogos mentais.

“É uma maratona mental que nós enfrentamos”, disse. “Nosso jogo é diferente do jogo da imprensa, do torcedor, no que se refere a preparação, treinamento, e estar concentrado”, afirmou. “Não dizendo que não seja importante, elas são importantes, mas com outro viés, de quem analisa sob um outro contexto. Por nós é da provocação, da tirada de onda, dos enfrentamentos, da história de enfrentamento em equipes de um e outro. Mas não é a essência, a essência é do trabalho, do dia a dia, de nos prepararmos para fazer um grande jogo.”

O Brasil entrará em campo sem Gabriel Jesus, que está suspenso, e o lateral Alex Sandro passará por um último teste físico.

Tite foi tímido quando questionado sobre como marcar Messi.

“Eu sei, mas não vou dizer”, disse ele a um repórter, antes de acrescentar, “a gente não neutraliza, a gente diminui ações do adversário”.

Continue lendo

Trending