Conecte-se conosco

Sem categoria

Hoje é aniversario do Anão

Quem está aniversariando hoje é, o mais antigo sonoplasta da Rádio de Difusora de Sena Madureira

Publicado

em

Quem está aniversariando hoje é, o mais antigo sonoplasta da Rádio de Difusora de Sena Madureira  Jair Moreira, que Trabalha há mais de 30 anos na emissora  e é  considerado um profissional exemplar. Em nome do diretor geral Edinaldo Gomes, e toda equipe lhe desejam  vida
Vida longa, meu nobre.

Da redação- Acreonline.net

Sem categoria

Ano letivo de 2021 começou presencialmente em 16% dos municípios

A maior parte das escolas públicas municipais no Rio de Janeiro

Publicado

em

A maior parte das escolas públicas municipais no Rio de Janeiro continua exclusivamente em ensino remoto. Apenas 1,1% das redes de ensino começaram o ano letivo de 2021 com aulas totalmente presenciais e 15,1% de forma híbrida, mesclando aulas presenciais com ensino remoto. Os dados são de pesquisa da União Nacional dos Dirigentes Municipais de Educação (Undime) divulgada hoje (22).

O estudo foi realizado com apoio do Fundo das Nações Unidas para a Infância (Unicef) e do Itaú Social entre os meses de junho e julho de 2021, com 3.355 redes municipais que, juntas representam 60,2% do total de municípios do país e respondem por mais de 13 milhões de estudantes. As redes municipais concentram a maior parte das matrículas das creches, pré-escolas e ensino fundamental públicos.

A pesquisa mostra ainda que 57% das redes concluíram os protocolos sanitários para a prevenção da covid-19. Quanto à imunização dos profissionais da educação, o processo já começou em 95,1% das redes municipais entrevistadas.

Em pronunciamento, nesta terça-feira (20), o ministro da Educação, Milton Ribeiro, defendeu o retorno dos estudantes às aulas presenciais nas escolas. Segundo o presidente da Undime, Luiz Miguel Martins Garcia, que é dirigente municipal de Educação em Sud Mennucci (SP), é preciso considerar a situação de cada localidade. A expectativa é que, no segundo semestre, com a adoção dos protocolos, mais redes retomem o ensino presencial.

“Todo mundo está muito ansioso e quer a volta, mas essa volta precisa ser com segurança, valorizando a vida e o direito à educação. É muito importante que a gente tenha respeito à autonomia de cada rede para avaliar a sua condição de volta, de como proceder e como garantir esses dois direitos essenciais”, diz Garcia.

Desafios da pandemia
Segundo o estudo, a conectividade de estudantes e professores, bem como a infraestrutura das escolas continuam sendo consideradas as maiores dificuldades enfrentadas pelas redes durante a pandemia. Quase todas as redes, quando se trata de ensino remoto, usam materiais impressos (98,2%) e passam orientações por WhatsApp (97,5%). “Nós temos um vazio de acessibilidade muito grande no país”, diz Garcia, que ressalta que mesmo em centros urbanos, “há apagões de conectividade muito forte”.

A infraestrutura das escolas é também empecilho para o retorno às aulas presenciais. “A estrutura das escolas é que vai auxiliar a garantir um retorno seguro, que a gente sabe que é fundamental e que deve acontecer, mas precisa adaptar a estrutura escolar para esse novo cenário, com protocolos e medidas de segurança e adaptação do ambiente”, diz a coordenadora do Observatório do Marco Legal da Primeira Infância (Observa) Thaís Malheiros.

De acordo com dados disponibilizados pelo Observa, a partir do Censo Escolar 2020, apenas 41% das crianças matriculadas em creches e 41% das matriculadas em pré-escolas estão em estabelecimentos que possuem área externa. “A área externa e com grande ventilação é fundamental para, por exemplo, o momento da alimentação [quando as crianças estão reunidas sem máscaras]”, diz Thaís.

Além disso, mais de 20% das crianças com até 5 anos estão matriculadas em escolas sem itens de saneamento básico, como água filtrada, esgotamento sanitário ou coleta de lixo.

Busca ativa
Com a pandemia, segundo estimativa divulgada pelo Unicef, o número de crianças e adolescentes sem acesso à educação no Brasil saltou de 1,1 milhão em 2019 para 5,1 milhões em 2020. A pesquisa divulgada hoje mostra que essa é uma preocupação dos dirigentes. Cerca de 60% dos respondentes consideram a busca ativa de estudantes em abandono ou risco de abandono escolar uma das prioridades das redes municipais de educação.

Maria Claudia

Continue lendo

Sem categoria

Polícia Civil prende dois por roubo em Rio Branco

Publicado

em

A Polícia Civil, por meio da Delegacia de Combate a Roubos e Extorsões(DCORE), prendeu na ultima sexta-feira, 18, em cumprimento de 02 (dois) mandados de Prisão Preventiva, expedidos pela Vara dos Delitos de Roubo e Extorsão da Comarca de Rio Branco, em desfavor dos denunciados J.M.N.A. e W.T.M.F, pela prática de roubo de uma motocicleta HONDA TITAN 125, COR PRETA e 02 (dois) capacetes, ocorrido em 03/11/2020, em via pública, na rua Mário Quintana, Bairro Santa Helena, a motocicleta foi recuperada e restituída para a vítima.

Os presos foram conduzidos a Delegacia Especializada de Flagrantes (DEFLA) para procedimentos de praxe e posteriormente conduzidos para a unidade prisional onde ficarão à disposição da justiça.

Ascom/Polícia Civil do Acre

Continue lendo

Política

Governo implanta toque de recolher em todo o Acre, antecipa salário de março e revoga ponto facultativo

Publicado

em

O governo do Acre anunciou no Diário Oficial desta quinta-feira, 25, que vai intensificar a fiscalização do cumprimento do toque de recolher das 22 até às 5 horas da manhã.

A medida vem após a comprovação de que, mesmo com a proibição, a circulação de pessoas no horário tem sido muito grande, principalmente na capital acreana. O decreto impõe o chamado Toque de Restrição em todos os 22 municípios do Acre com a proibição de circulação de pessoas em espaços e vias públicas.

O decreto endurece a fiscalização e permite apenas aos trabalhadores de modo geral, para fins de deslocamento entre o local de trabalho e o domicílio residencial, imediatamente após o término da jornada regular de trabalho, aos profissionais das áreas de saúde e segurança privada, para fins de deslocamento entre o local de trabalho e o domicílio residencial, imediatamente após o término ou logo antes do início da jornada regular de trabalho, aos profissionais que atuam nos serviços de entrega (delivery), aos agentes públicos civis e militares, incluídos aqueles que atuam em serviços públicos delegados, para fins de deslocamento referente ao exercício de suas funções ou para fins de locomoção entre o local de trabalho e o domicílio residencial, imediatamente após o término ou logo antes do início da jornada regular de trabalho, aos advogados, para fins de deslocamento referente ao exercício de suas funções, desde que para atendimento de diligência que demande atuação externa. Nos demais casos, o cidadão vai ter que comprovar que se trata de uma situação de emergência.

O novo decreto explica que quem for pego transitando em via pública durante o horário do toque de recolher sem justificativa vai ser encaminhado à uma Delegacia de Polícia.

O governo também anunciou por meio do Diário, a antecipação do pagamento dos salários dos servidores públicos estaduais no mês de março para a próxima segunda-feira, dia 29, além da revogação do ponto facultativo do dia 1 de abril.

Leônidas Badaró

Continue lendo

Trending