Conecte-se conosco

Policial

Acusados de roubar Uber em Sena são condenados a mais de 32 anos de prisão

Em ambos os casos, o juiz determinou para início do cumprimento da pena o Regime fechado

Publicado

em

Da Redação

A justiça de Sena Madureira, por intermédio do juiz de Direito da Vara Criminal, Fábio Farias, condenou mais dois infratores da lei pela prática de roubo. Massildo Pacaia Pino e Rogério da Silva Mendonça foram sentenciados a mais de 32 anos, uma vez somadas as duas penas.

Neste ano, o Ministério Público do Acre ofertou denúncia contra os acusados, sustentando que no dia 21/02/2021, eles, previamente ajustados e em unidade de desígnios com outra pessoa não identificada mediante grave ameaça e emprego de arma de fogo, deram voz de assalto e subtraíram para eles um veículo Citroen/C3, utilizado como Uber.

De acordo com as investigações, na data do crime, por volta das 22:30 horas, o proprietário do carro recebeu ligação de uma moça que solicitou uma “corrida”, próximo ao Horto Florestal, no Bairro Ana Vieira. Chegando ao endereço, a vítima foi dominada por Massildo Pacaia, Rogério da Silva, Raidsom Ferreira e outro indivíduo não identificado.

Um deles assumiu a direção, sendo que a vítima foi colocada no bagageiro do veículo. Em determinado momento, os infratores se dirigiram à estrada Xiburema e decidiram amarrar o motorista do Uber em uma embaúba. Com muita luta, o mesmo conseguiu se desvencilhar da corda e pedir ajuda.

Através de um exímio trabalho investigativo, a Polícia conseguiu capturar três dos quatro envolvidos.

Durante interrogatório, a vítima afirmou ter sofrido um prejuízo de mais de 3 mil reais. Fora isso, não vinha mais exercendo a função de Uber em razão do abalo psicológico.

Ao aferir a dosimetria da pena, o juiz Fábio Farias levou em consideração não somente o crime de roubo como também a agravante da ocorrência ter sido processada em plena pandemia.

No que tange a conduta de Massildo Pacaia Pino, Fábio Farias descreveu na sentença: “Culpabilidade: Reprovável, tendo em vista a frieza, a premeditação, a violência e o terror psicológico empregado durante a execução do crime, onde a vítima permaneceu dentro do porta-mala do veículo sob ameaça de morte, o que aumenta a reprovação da conduta”.

Além disso, observou-se o período de calamidade pública, emprego de arma de fogo e concurso de pessoas. Sendo assim, Massildo foi condenado a 15 anos e 6 meses de reclusão e ao pagamento de 360 dias-multa.

Referente a Rogério da Silva Mendonça, além das situações mencionadas acima pesou, ainda, o fato da reincidência. Este, por sua vez, foi condenado a 17 anos, 9 meses e 10 dias de reclusão bem como ao pagamento de 360 dias-multa.

Em ambos os casos, o juiz determinou para início do cumprimento da pena o Regime fechado e negou aos réus o direito de recorrerem da sentença em liberdade.

 

Policial

Em Sena Madureira,Duas mulheres são presas com quase meio quilo de cocaína no Acre

Policiais civis que atuam na Unidade

Publicado

em

Policiais civis que atuam na Unidade de Segurança Pública de Sena Madureira apreenderam na manhã desta quinta-feira (11) diversos pacotes de cocaína no Bairro Ana Vieira. Na ocasião, duas mulheres foram presas em flagrante delito.

De acordo com o apurado, investigadores da Polícia Civil vinham fazendo o levantamento de informações nessa localidade. Nesta manhã, ao imprimir uma fiscalização minuciosa na residência, encontraram mais de 40 pacotes de drogas em um racker. Após a pesagem, a droga totalizou quase meio quilo.

Diante dos fatos, as duas mulheres foram encaminhadas para a Unidade de Segurança Pública de Sena para os procedimentos cabíveis. Elas serão indiciadas por tráfico e, a depender da decisão da justiça, podem ser transferidas para Rio Branco já que Sena Madureira não tem presídio feminino.

Continet

Continue lendo

Policial

Polícia Civil detém mulher transportando 9kg de ‘Skunk’ na BR 317

Polícia Civis lotados no município

Publicado

em

Polícia Civis lotados no município de Xapuri, conseguiram prender em flagrante delito, uma brasileira identificada pelas iniciais W.K.S.M, de 28 anos de idade, acusada de cometer tráfico internacional de drogas.

A mulher viajava para Rio Branco em um ônibus de viagem quando foi abordada por na BR-317, no entroncamento de acesso à Xapuri. O delegado Gustavo Neves, por meio da equipe de investigação chefiada pelo Inspetor Investigador Eurico Feitosa e sua equipe fizeram a apreensão e prisão da mulher.

Segundo foi informado, os policiais civis encontraram nove ‘tijolos’ de 1 Kg de maconha ‘skunk’ na mala da mulher após a mesma demonstrar nervosismo. Foi quando resolveram averiguar a mala da mesma.

Ao abrir a mala, descobriram o motivo do nervosismo, sendo encontrado a droga que seria entregue na capital do Acre, Rio Branco. Após receber voz de prisão, a mulher foi conduzida para a Delegacia Geral de Xapuri e em seguida para a Delegacia de Polícia Federal de Epitaciolândia em função da natureza do delito, considerado tráfico internacional de drogas.

Segundo um advogado criminalista, pelo crime de tráfico internacional de drogas, a mulher poderá ser levada ao júri e ser condenada de 8 a 15 anos de reclusão. A acusada será transferida para o presídio federal na Capital nas próximas horas.

Por Alexandre Lima

Continue lendo

Policial

Polícia Civil apreende 10kg de cocaína e prende casal na Rodoviária

Na noite da última quarta-feira, 10 de agosto

Publicado

em

Na noite da última quarta-feira, 10 de agosto de 2022, a Polícia Civil do Acre, por meio da Delegacia de de Repressão ao Narcotráfico (Denarc) apreendeu 10kg de cocaína na Rodoviária Internacional de Rio Branco.

A droga estava acondicionada em fundo falso de recipientes térmicos, (caixas térmicas). Foto: cedida
O trabalho investigativo da equipe de Policiais Civis da Denarc possibilitou a prisão em flagrante do casal casal G. M. S (22 anos) N.E.F.A (20anos).

O casal é oriundo de Campina Grande-PB, tentavam embarcar na Rodoviária de Rio Branco/AC com destino a Cuiabá, com entorpecente escondidos entre suas bagagens.

A droga estava acondicionada em fundo falso de recipientes térmicos, (caixas térmicas).

Ao identificar a propriedade da droga, o casal recebeu voz de prisão pela equipe da Denarc que conduziu os dois a delegacia para lavratura de auto de prisão em flagrante sendo colocados à disposição da justiça.

Ascom/Polícia Civil do Acre

Continue lendo

Trending