Conecte-se conosco

Policial

Open Source: MPAC e Polícia Militar prendem 19 pessoas em operação contra organização criminosa

O Ministério Público do Estado do Acre (MPAC), por intermédio do Grupo de Atuação Especial no Combate ao Crime Organizado

Publicado

em

O Ministério Público do Estado do Acre (MPAC), por intermédio do Grupo de Atuação Especial no Combate ao Crime Organizado (Gaeco), em conjunto com a Polícia Militar, deflagrou nesta terça-feira, 04, a Operação Open Source, visando à prisão de integrantes de uma organização criminosa com atuação nacional, de origem no Estado do Rio de Janeiro.

A operação contou com a participação de promotores de Justiça e de 100 policiais militares. Foram expedidos 47 mandados judiciais de prisão e de busca e apreensão, que resultaram em 19 prisões e apreensão de droga, celular, entre outros materiais.

A operação foi denominada Open Source porque a investigação, que durou quatro meses, obteve êxito em cruzar elementos captados em fontes abertas, notadamente redes sociais, e publicações realizadas pelos próprios investigados com outros elementos de prova de poder do Gaeco. Nas publicações, os criminosos faziam promoção da organização criminosa.

Além das prisões e buscas, foi determinada ainda pelo Juízo da Vara de Delitos de Organização Criminosa a preservação dos perfis e postagens realizadas pelos investigados nas redes sociais.

“A conjunção desses elementos nos levou à certeza de que não se tratava ali de uma mera apologia ao crime, mas de pessoas que efetivamente integravam essa organização criminosa de âmbito nacional que vem se expandido em nosso estado”, afirmou o promotor de Justiça Bernardo Albano, coordenador- adjunto do Gaeco.

O promotor de Justiça Júlio César de Medeiros, membro do Gaeco, destacou que foram realizadas prisões também no Complexo Penitenciário de Rio Branco.

 

“Foram ao menos quatro prisões realizadas dentro do presídio. Isso é um fato extremamente importante, porque só comprova que, na verdade, muitos faccionados, até mesmo dentro do presídio, continuam infelizmente a comandar e orquestrar práticas delituosas. Isso gera um novo fato, que é passível de punição e uma nova prisão preventiva. Tivemos entre as pessoas presas, tanto aquelas que estavam soltas, quanto monitoradas de forma eletrônica, quanto também pessoas que já estavam reclusas”, disse.

O comandante da Polícia Militar, coronel Paulo Cesar Gomes da Silva, exaltou o sucesso da operação integrada entre as duas instituições.

“Há um bom tempo temos feito esse levantamento e esta não é a primeira e nem será a última operação junto ao Gaeco. Foi uma operação bastante proveitosa e exitosa, com a prisão de todos esses envolvidos, o que certamente causará um grande prejuízo à organização criminosa”, destacou.

 

Continue lendo

Policial

Suspeito de praticar diversos furtos é capturado pela Polícia no interior do AC

As autoridades policiais apontam o indivíduo como o responsável por uma onda de furtos que vinha ocorrendo

Publicado

em

A Polícia Civil do Acre, em uma operação bem sucedida na cidade de Cruzeiro do Sul, capturou um homem sob suspeita de ter realizado uma série de furtos a diversas lojas na região central da cidade. O suspeito foi flagrado em ação pelas câmeras de vigilância de estabelecimentos comerciais esta semana, o que levou à sua prisão.

As autoridades policiais apontam o indivíduo como o responsável por uma onda de furtos que vinha ocorrendo em Cruzeiro do Sul, com ênfase especial na área central da cidade. O suspeito, cuja identidade não foi revelada publicamente, será submetido a interrogatório pelas autoridades policiais para esclarecer os detalhes do seu envolvimento nos crimes.

Após o interrogatório, o suspeito ficará à disposição da Justiça, que avaliará as evidências apresentadas e tomará as medidas necessárias de acordo com a lei vigente. A prisão deste sujeito representa um passo importante na investigação e no combate à criminalidade na região de Cruzeiro do Sul.

Por Assessoria PCAC

Continue lendo

Policial

Mulheres se juntam e dão surra em homem que agredia a ex por não aceitar término

Publicado

em

João Kennedy de Araújo Lima, 39 anos, foi violentamente agredido por um grupo de mulheres cansadas de verem a vizinha sendo perseguida e agredida pelo ex marido.

Segundo informações, João Kennedy não aceita o término do casamento e, com frequência, ia à casa da ex mulher, localizada na rua Antônio Pessoa Jucá, no bairro Tancredo Neves, em Rio Branco, tentar reconciliação, mesmo a mulher tento deixado claro que não tinha volta.

O homem que chegava cheio “amor se transformava em um “monstro” tão logo suas expectativas eram frustradas. Nesta quarta-feira, 20, vizinhas da ex-mulher de Kennedy se reuniram e aguardaram a chegada do valentão.

As “amigas” não tiveram que esperar muito, pois João Kennedy chegou sem paciência de retomar o relacionamento na base do diálogo e do amor, ele foi agressivo.

As vizinhas, que já aguardavam o “dom Juan às avessas”, aplicaram uma surra no homem com muros, chutes, pontapés e pauladas.

Segundo testemunhas, a surra preparada era pra dez, mas o João levou sozinho e não foi linchado porque uma equipe do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) foi socorrê-lo.

Com um corte na cabeça, o João Kennedy foi encaminhado a Unidade de Pronto Atendimento (UPA) da Sobral.

por A Gazeta do Acre

Continue lendo

Policial

Vídeo) Mulher urina em via pública em Sena Madureira

Publicado

em

Uma mulher não identificada pela nossa reportagem, foi filmada por populares urinando em via pública no município de Sena Madureira, o internauta que faz o vídeo ainda brincou com seu amigo um motociclista que estava a sua frente.

Se a mulher não tem problemas mentais deveria está mesmo apertada.

Por Acreonline.net

Continue lendo

Trending