Assaltante é morto com tiro na cabeça em posto de combustível no Distrito Industrial

O assaltante João Vitor Lima de Souza, de 19 anos, membro da facção Comando Vermelho (CV)

O assaltante João Vitor Lima de Souza, de 19 anos, membro da facção Comando Vermelho (CV), foi morto com um tiro na cabeça na noite da ultima terça-feira, 30, após assaltar um cliente de um posto de um combustível localizado na rua Major Gesner, no bairro Distrito Industrial, em Rio Branco.

Segundo informações da polícia, o cliente tinha acabado de abastecer seu veículo e enquanto efetuava o pagamento na conveniência, o criminoso desceu da moto que estava com seu comparsa, se aproximou a pé, anunciou o assalto e roubou a carteira e o celular da vítima. Um outro cliente, que também estava abastecendo seu veículo, ao perceber a ação do assaltante, reagiu, puxou uma arma de fogo e efetuou dois tiros que atingiram a cabeça e a perna do bandido. Mesmo ferido, Vitor ainda conseguiu correr cerca de 100 metros e caiu na rua ao lado de um outro posto de combustível. O comparsa de Vitor ao vê-lo ferido, fugiu do local.

A ambulância do suporte avançado do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU), mas quando os paramédicos chegaram ao local nada puderam fazer pelo assaltante que já se encontrava morto.

A área foi isolada pela Polícia Militar para os trabalhos do perito em criminalística, e em seguida os policiais fizeram patrulhamento na região em busca de encontrar o outro bandido, mas ele não foi encontrado.

O corpo foi removido e encaminhado ao Instituto Médico Legal (IML) para o exame cadavérico. O caso segue sob investigação dos Agentes de Polícia Civil da Delegacia de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP).

Por Davi Sahid

In this article