Conecte-se conosco

Outras

TJAC faz entrega de doações da campanha SOS Acre ao Governo do Estado

O Tribunal de Justiça do Acre (TJAC) continua na missão de parceiro da campanha SOS Acre, realizada pelo Ministério Público do Acre

Publicado

em

O Tribunal de Justiça do Acre (TJAC) continua na missão de parceiro da campanha SOS Acre, realizada pelo Ministério Público do Acre, coordenando uma frente de recebimento e logística de doações feitas pela Cruz Vermelha Brasileira ao estado.

Até agora foram duas remessas em doações, uma de 12 e a outra de 15 toneladas, transportadas pela Força Aérea Brasileira. Entre os itens doados estão equipamentos de proteção individual (EPI), medicamentos, respirador com filtro, material de limpeza, repelentes, itens de desinfecção.

Nesta terça-feira, 23, a presidente do Tribunal de Justiça do Acre, Waldirene Cordeiro, realizou a entrega de 414 caixas em doações ao Governo do Estado. As doações foram recebidas pela primeira-dama, Ana Paula Cameli, a secretária-adjunta de Saúde, Paula Mariano, e a diretora de Políticas para às Mulheres, Isnailda Gondim, e serão distribuídas de acordo com a necessidade identificada pelo estado.

 

“A partir das doações dos parceiros a campanha SOS Acre está dando esse apoio fundamental em receber essa ajuda e destina a quem mais precisa. E hoje estamos fazendo mais essa entrega de itens ao Governo para que seja destinada de acordo com a necessidade”, disse a desembargadora Waldirene Cordeiro.

A primeira-dama também enfatizou a importância da campanha. “Essas doações, através do SOS Acre, que é campanha realizada pelo TJAC e MPAC, representa uma esperança. E deixo minha gratidão, em nome do Governo do Estado, por toda essa ajuda”, ressaltou Ana Paula.

A secretária-adjunta de Saúde, Paula Mariano, agradeceu e enfatizou que a doação será destinada de imediato para uso onde se necessita.

 

A campanha
A campanha SOS Acre é realizada pelo Ministério Público do Acre, em parceria com o Tribunal de Justiça do Acre.

Enquanto o TJAC fica à frente de toda a logística dessa e outras doações que estão previstas chegar em Rio Branco, a Associação do MPAC (Ampac), tem feito o gerenciamento dos recursos financeiros das doações em conta bancária.

As doações financeiras são utilizadas para a aquisição de alimentos, material de limpeza e de higiene pessoal, colchões e outros itens, que são entregues nos municípios por promotores e juízes que atuam em cada cidade, com apoio da Defesa Civil e Corpo de Bombeiros.

Como ajudar
A campanha para doações em produtos/bens, coordenada pelo Tribunal de Justiça do Acre, continua. Para fazer sua doação basta entrar em contato pelo telefone DDD (68) 99603-5568.

A doação por meio de transferência bancária pode ser feita pela conta abaixo:
Ag.: 2359-0
Conta Corrente: 14.300-6
PIX: 63.598.899/0001-40 (número do CNPJ)

Postado em: Galeria, Notícias | Tags:Campanha, Campanha Adoção, SOS Acre, TJAC

Continue lendo

Outras

Em Sena Madureira, Incêndio criminoso nas matas do Bairro Ana Viera

O Corpo de Bombeiros do Município

Publicado

em

O Corpo de Bombeiros do Município de Sena Madureira, continua trabalhando na tentativa de conter as chamas que tomam conta das matas do Bairro Ana Vieira, podendo a qualquer momento atingir as residências próximas ao local.

Ronaldo Duarte: Acreonline.Net

Continue lendo

Outras

Governo edita decreto que autoriza empréstimo a beneficiários do Auxílio Brasil

O Ministério da Cidadania editou

Publicado

em

O Ministério da Cidadania editou nesta quinta-feira (11) um decreto de lei que autoriza a realização de empréstimo consignado por beneficiários do Auxílio Brasil. O valor do programa de transferência de renda está fixado em R$ 600 até dezembro deste ano. O governo afirma que os juros cobrados serão mais baixos que os praticados pelo mercado.

De acordo com o governo, foram adotadas medidas para evitar o comprometimento da renda dos beneficiários. “A célere regulamentação do dispositivo citado possibilita que os beneficiários do Programa Auxílio Brasil tenham acesso facilitado a crédito, com taxas de juros mais baixas, o que permitirá a tomada de crédito responsável, sem o comprometimento excessivo da renda”, informa o texto divulgado pela Presidência da República.

Esse tipo de empréstimo já estava autorizado para segurados do Regime Geral de Previdência Social (RGPS), como pessoas atendidas pelo Benefício de Prestação Social Continuada (BPC). No caso do Auxílio Brasil, o valor máximo de comprometimento mensal do benefício será de 40%.

Os bancos vão considerar o pagamento de R$ 400, que é o repasse-padrão, tendo em vista que o aumento para R$ 600 vale só até dezembro, inicialmente. Com isso, o valor máximo da parcela a ser paga após o empréstimo é de R$ 160.

VEJA TAMBÉM

Saiba como renegociar suas dívidas e os cuidados para limpar o nome
ECONOMIZE
Saiba como renegociar suas dívidas e os cuidados para limpar o nome
André Mendonça manda ao plenário do STF ação contra PEC dos Benefícios

Auxílio Brasil de R$ 600 em 2023 é ‘compromisso’, diz ministro da Cidadania
O empréstimo consignado é aquele em que o desconto da dívida ocorre direto na conta do beneficiário. Com isso, é possível aplicar juros mais baixos, tendo em vista a garantia de que o valor será pago.

Como o desconto ocorre direto na conta em que o beneficiário recebe o pagamento, não existe possibilidade de negociar a dívida após o empréstimo ser feito, o que pode agravar a situação de vulnerabilidade das famílias.

LEIA TAMBÉM
Apesar de deflação em julho, diesel teve alta de 4,59%, diz CNT
“De acordo com os proponentes, em simetria com a normatização existente para os segurados do RGPS, que se mostra efetiva, a margem de crédito consignado adotada pelo decreto editado considera o previsto na disposição legal, trazendo dispositivos que buscam aliar a facilidade de acesso ao crédito com a mitigação de riscos de superendividamento”, completa o texto do governo.

Renato Souza, do R7

Continue lendo

Outras

Vídeo,Ramal do Rio Macauã em Sena Madureira é reaberto e beneficia centenas de famílias

A reabertura dos ramais é vital

Publicado

em

A reabertura dos ramais é vital para quem mora na zonal rural. O Governo do Estado, via DERACRE, está com uma frente de serviços trabalhando nos ramais do Município de Sena Madureira, visando contemplar o maior número de famílias possíveis.

Reportagem Jota Cavalcante- para o Acreonline.net

Continue lendo

Trending