Conecte-se conosco

Política

Em Sena Madureira, Rio Iaco continua em vazante e prefeitura já retirou mais de 8 toneladas de entulho em 4 dias

O nível do Rio Iaco continua baixando em Sena Madureira, no interior do Acre, mas segue acima da cota de transbordo, que é de 15,20 metros

Publicado

em

O nível do Rio Iaco continua baixando em Sena Madureira, no interior do Acre, mas segue acima da cota de transbordo, que é de 15,20 metros. Após a baixa das águas, o que se vê pela cidade são ruas tomadas pela lama, galhos de árvores e muito entulho.

O manancial chegou à marca dos 16,10 metros na medição das 6h deste domingo (28), o que representa 38 centímetros a menos em 24 horas, já que nesse sábado (27) o manancial estava com 16,48 metros. A cota de alerta é de 14 metros.

A cheia do rio atinge mais de 27,6 mil pessoas do município. Essa é a maior cheia desde 1997, quando rio marcou 19,40 metros. Ainda conforme os dados, 5,7 mil pessoas estão desalojadas, ou seja, foram levadas para casas de parentes e outras mais de 1,5 mil estão desabrigadas. A cidade tem 46 abrigos ativos entre escolas, quadras esportivas e prédios públicos.

Ruas cobertas por bancos de areia
Ao G1, o secretário Municipal de Serviços Urbanos da (Semsur) na cidade, Jeocundo César, informou que os trabalhos de limpeza da cidade iniciaram na última terça-feira (23) depois que o rio começou a apresentar vazante.

De lá até sábado (27), foram retiradas mais de oito toneladas de lixo das ruas. Ele disse que pelo menos 40% da cidade já está limpa. A previsão é que o trabalho de limpeza de todo o município seja concluído em cerca de 15 dias.

“Iniciamos o trabalho nos bairros da parte alta da cidade, Centro, Cohab e Jardim Primavera. E, desses locais, demos uma prioridade para o Centro da cidade, porque é onde funciona prefeitura, bancos, comércio, ou seja, é onde tem uma movimentação maior de pessoas. É muita lama, muitos entulhos, a cidade está completamente acabada, além de trazer os prejuízos que essas enchentes trazem, agora vem o prejuízo de infraestrutura da cidade. No Segundo Distrito, por exemplo, parece praia mesmo, as ruas estão tomadas por bancos enormes de areia, porque lá o rio tinha uma correnteza”, disse o secretário.

Situação de emergência
Diante da situação da enchente, o prefeito da cidade, Mazinho Serafim, declarou, no último dia 17 deste mês, situação de emergência por 180 dias.

Nesse período, de acordo com o documento, fica autorizada a mobilização de todos os órgãos municipais para atuarem nas ações de resposta ao desastre. Essas ações vão ser coordenadas pela Defesa Civil e Gabinete de Crises.

Também fica autorizada a convocação de voluntários para reforçar as ações e para a realização de campanhas de arrecadação de recursos e doações, com o objetivo de facilitar a assistência à população afetada.

As autoridades administrativas e os agentes de defesa civil, diretamente responsáveis pelas ações, em caso de risco iminente estão liberados a:

Adentrar nos imóveis, para prestar socorro ou para determinar a pronta evacuação;
Usar de propriedade particular, no caso de iminente perigo público, assegurada ao proprietário indenização, se houver dano.
O decreto libera ainda o início de processos de desapropriação, por utilidade pública, de propriedades particulares comprovadamente localizadas em áreas de risco.

Por fim, estão dispensadas as licitações de contratos de aquisição de bens e de prestação de serviços e de obras relacionadas com a reabilitação dos cenários dos desastres, desde que possam ser concluídas no prazo máximo de 180 dias.

Calamidade pública
O Ministério do Desenvolvimento Regional (MDR) reconheceu no último dia 22, em edição extra do Diário Oficial da União (DOU), estado de calamidade pública em 10 cidades do Acre atingidas por inundações causadas pela cheia dos rios no estado.

Os municípios de Rio Branco, Sena Madureira, Santa Rosa do Purus, Feijó, Tarauacá, Jordão, Cruzeiro do Sul, Porto Walter, Mâncio Lima e Rodrigues Alves enfrentam dificuldades com parte da população desabrigada (encaminhada para abrigos) e desalojada (levada para casa de parentes).

O governador do Acre, Gladson Cameli, havia decretado calamidade em uma edição extra do Diário Oficial do estado (DOE) também no dia 22. A cheia dos rios chegou a atingir mais de 130 mil pessoas no Acre.

Por Iryá Rodrigues

Continue lendo

Política

Com emenda de Alan Rick, Hospital do Idoso ganha novos monitores cardíacos

Nesta quinta-feira, 02/12, o Hospital do Idoso recebeu

Publicado

em

Nesta quinta-feira, 02/12, o Hospital do Idoso recebeu três monitores cardíacos e nos próximos dias serão entregues outros equipamentos como geladeiras, ar-condicionados e armários, todos frutos de emenda parlamentar de R$ 162 mil direcionada pelo Deputado Alan Rick (DEM).

Também será entregue uma máquina unitizadora de medicamentos – equipamento que automatiza o fracionamento da medicação dando mais segurança na administração dos fármacos adquiridos em grande quantidade. Emenda de aquisição do equipamento já foi paga no valor de R$ 240 mil.

O deputado federal que já está em seu segundo mandato tem direcionado recursos para a saúde do Acre para além do que é de execução obrigatória. Vários outdoors em Rio Branco e nos municípios anunciam os valores. Nos dois mandatos foram mais de R$ 110 milhões, recursos que beneficiaram hospitais regionais, unidades mistas, UPAs da capital e do interior, além de unidades de Saúde dos 22 municípios.

Alan Rick, que está em Brasília, foi representado pelo assessor Carlos Sérgio, na entrega dos equipamentos, na manhã desta quinta-feira, 02/12, e mandou um vídeo cumprimentando os servidores. Na gravação, o parlamentar também anunciou mais investimentos para as unidades que compõem o complexo de saúde da Fundação Hospitalar e para o UNACON.

Entre as emendas já direcionadas no orçamento de 2022, Alan Rick garantiu mais R$ 500 mil para a Fundação Hospitalar.

Para o Hospital do Câncer (UNACON), o parlamentar destinou R$ 1,4 milhão. Desses, R$ 400 já foram pagos para a reforma do prédio.

O diretor-presidente da FUNDHACRE agradeceu a sensibilidade do deputado Alan Rick em relação às necessidades da saúde do Acre, em especial, da Fundação. “Agradecemos esse investimento do seu mandato na FUNDHACRE, em várias frentes, e agora o Hospital do Idoso também sendo contemplado. Esses equipamentos de alta tecnologia vão somar na assistência direta aos nossos pacientes” – completou.

“Também quero agradecer. Obrigada deputado Alan Rick. Com essa aquisição, eu e minhas colegas vamos prestar uma assistência mais adequada aos nossos pacientes. Isso é primordial, principalmente, para o paciente idoso.” – agradeceu a enfermeira Luiza Medeiros, diretora geral do Hospital do Idoso.

Continue lendo

Política

Deracre em Cruzeiro do Sul é alvo de busca e apreensão da Polícia Civil

Agentes da Polícia Civil cumprem mandados

Publicado

em

Agentes da Polícia Civil cumprem mandados de busca e apreensão desde as primeiras horas da manhã desta quinta-feira (2) na sede do Deracre em Cruzeiro do Sul e em residência de gestores do setor no município. A priori não houve prisão.

A ação policial tem por objetivo coletar documentos que indiquem possíveis crimes praticados no setor na região do Juruá.

Por telefone, o diretor do Deracre em Cruzeiro do Sul, Luciano Oliveira, confirmou que houve buscas por documentos em suas residência e de outros chefes de setores e afirmou estar tranquilo e à disposição do trabalho da polícia.

“É o trabalho deles, da polícia. Estou tranquilo. Nosso trabalho do Deracre aqui no Juruá está dando certo, é destaque entre a secretarias do governo. E entendo que a polícia está fazendo seu papel. Algo normal. Também não sou ordenador de despesas”, disse o diretor.

Luciano Oliveira diz não duvidar de que haja cunho político na ação às vésperas das eleições.

Luciano Tavares

Continue lendo

Política

Petecão elogia embaixador no Peru: “Acre vai precisar muito dele”

O Plenário do Senado aprovou

Publicado

em

O Plenário do Senado aprovou nesta quarta-feira (1) com 39 votos favoráveis, 5 contrários e 2 abstenções, a indicação do diplomata Sérgio França Danese para o cargo de embaixador do Brasil no Peru.

No Plenário, o senador Sérgio Petecão elogiou o diplomata e lembrou que o estado do Acre tem fronteira com o Peru. “Lá no Acre vamos precisar muito dele”, disse Petecão.

A República do Peru é o quarto país mais populoso da América do Sul, com 33,5 milhões de habitantes, e o vigésimo mais extenso do mundo (1.285.216 quilômetros quadrados). Está entre os países com maior diversidade biológica e conta com abundância de recursos minerais. Brasil e Peru mantêm Aliança Estratégica desde 2003. Entre os principais temas da relação bilateral estão a integração fronteiriça, o combate a ilícitos transnacionais, o adensamento dos laços econômico-comerciais e a cooperação técnica.

Em 2020, o Brasil se manteve na posição de terceiro maior exportador ao Peru, com exportações de US$ 1,66 bilhão. Um dos desafios da relação é a dinamização da agenda econômico-comercial. Em abril de 2016, os dois países assinaram o Acordo de Ampliação Econômico-Comercial (AAEC), que contempla investimentos, serviços e compras governamentais.

O intercâmbio comercial peruano de 2020 registra queda, com exportações de US$ 39 bilhões (-14% em relação a 2019) e importações de US$ 33,8 bilhões (-15%). O superávit no ano foi de US$ 5,5 bilhões.

Fonte: Agência Senado

Continue lendo

Trending