Rio Purus volta a encher no Peru e em Santa Rosa

A vazante de mais de 3 metros registrada no município acreano de Santa Rosa, que havia animado o bocacrense, está se esvaindo com as notícias que vêm do alto Purus

A vazante de mais de 3 metros registrada no município acreano de Santa Rosa, que havia animado o bocacrense, está se esvaindo com as notícias que vêm do alto Purus.

Um dos integrantes da Defesa Civil do município, gravou um vídeo e informou que devido às chuvas que precipitaram na região de cima do manancial, o nível das águas voltou a subir, colocando fim ao recuo da cheia.

Depois de ter chegado ao nível mais baixo de 6,78m, após ter atingido a cota máxima de 2021 de 10,03m, o Purus subiu 35cm em 6 horas, em Santa Rosa. No Peru, na cidade de Puerto Esperanza, a cheia foi de mais de meio metro.

Boca do Acre
Em Boca do Acre, a elevação no nível das águas dos rios Acre e Purus permanece com força total. De sábado (20) para domingo (21), a régua linimétrica registrou aumento de 16cm, saindo da cota de 19,60m, para 19,70m, o suficiente para que as águas já tenham invadido todos os bairros situados na cidade baixa, afetando mais de 5 mil pessoas.

Piquiá a salvo
O único bairro de Boca do Acre que foi atingido é o Piquiá, que na década de 70 foi pensando e executado em uma área de platô, justamente para a retirada da população da parte baixa da cidade, que ano após ano, sofriam muitos prejuízos com as alagações.

AGOSTINHO ALVES

In this article