Gerlen rebate piada de Calegário: “apresenta nomes ou o senhor vai se passar por mentiroso”

O líder do governo, deputado Gerlen Diniz (Progressistas), não gostou nem um pouco do comentário do colega Fagner

Marcos Venicios

O líder do governo, deputado Gerlen Diniz (Progressistas), não gostou nem um pouco do comentário do colega Fagner Calegário (PL) a respeito da ausência dos deputados e por ter citado a operação Monturo, realizada pela Polícia Federal que investiga possíveis falhas em contratos de recolhimento e descarte de lixo hospitalar firmados pela Sesacre.

“O deputado falou da Operação da Polícia Federal na rua e da ausência dos deputados. Primeiramente quero ressaltar que a investigação é de contratos de 2017 e 2018, ou seja, no governo anterior do PT. Mas quero ressaltar que o deputado Calegário já veio aqui na tribuna recentemente fazer graves acusações, mas não citou nomes e nem trouxe provas, colocando o governo sob suspeição. Acredito que 100% do governo é formado de pessoas boas e esse tipo de acusação vazia não pode ser levada em conta sem nomes e provas. Ou o deputado apresenta nomes ou provas ou se passará por mentiroso”, afirmou Diniz , se referindo as acusações do parlamentar feitas na semana passada de que gestores do governo estariam cobrando 20% para liberar pagamentos para empresas terceirizadas.

In this article