Conecte-se conosco

Esporte

Vênus arrasa Gaivotas e goleia por 6X2 na Copa de Futsal feminino

Copa de Futsal feminino, Valkeline Souza, teve sequência na noite da ultima  quinta-feira (23), na quadra Aurino Brito com o clássico Gaivotas

Publicado

em

Copa de Futsal feminino, Valkeline Souza, teve sequência na noite da ultima  quinta-feira (23), na quadra Aurino Brito com o clássico Gaivotas e Vênus. Depois do primeiro tempo equilibrado e sem gol, a equipe de João Brandão mostrou mais iniciativa na segunda etapa e finalizou 6 vezes. Apesar da derrota elástica, as Gaivotas do eloquente professor José Alves, foi mais afrontosa e abriu o placar. Após uma forte pressão em busca do gol, o Vênus viu a bola passar por sua defesa indo parar no fundo do gol.

Sem perder o compasso, o Vênus reagiu com força total e buscou rapidamente o empate e, sem demorar muito, virou o jogo, marcando 6X2 no placar, com destaque para a atacante Dani, que marcou três gols e colou na artilharia da competição. O único desfalque no jogo foi da jogadora Denise, a xerife do Vênus, que por conta de uma lesão ficou na arquibancada e aproveitou para filmar com seu celular de última geração a goleada de sua equipe e vibrou com os gols de sua irmã Dani.

Nesta sexta-feira, haverá mais um jogo na modalidade feminina, juntamente com a Copa Anazy Teixeira, de futsal masculino.

Por Aldejane Pinto, da quadra Aurino Brito

Continue lendo

Esporte

Conmebol divulga tabela e Brasil estreia em Brasília na Copa América

A Confederação Sul-Americana de Futebol (Conmebol) divulgou na quarta-feira (2) à noite os horários

Publicado

em

A Confederação Sul-Americana de Futebol (Conmebol) divulgou na quarta-feira (2) à noite os horários e locais onde serão disputados os jogos da Copa América de 2021, transferida para o Brasil. A estreia da seleção comandada pelo técnico Tite será no próximo dia 13 de junho, um domingo, às 18h (horário de Brasília), contra a Venezuela, no Mané Garrincha, em Brasília.

O formato da competição não foi alterado. As dez seleções do continente estão divididas em dois grupos com cinco times em cada. Os quatro primeiros se classificam às quartas de final. O Brasil está no Grupo B. Além da Venezuela, a equipe canarinho terá pela frente Peru (dia 17, às 21h, no Nilton Santos, no Rio de Janeiro), Colômbia (dia 23, também às 21h e no Nilton Santos) e Equador (dia 27, às 18h, no estádio Olímpico de Goiânia). Os brasileiros só não atuarão na Arena Pantanal, em Cuiabá.

Nas quartas de final, caso avance em primeiro lugar, o Brasil encara o quarto colocado do Grupo B (Argentina, Bolívia, Chile, Paraguai e Uruguai) às 22h do dia 3 de julho, em Goiânia. Se passar em segundo, atua no mesmo dia, no Mané Garrincha, mas às 19h, contra o terceiro da outra chave.

Classificando-se em terceiro no Grupo A, os brasileiros terão pela frente o segundo melhor time do Grupo B no dia 2 de julho, às 18h, no Olímpico de Goiânia. Caso só consiga a quarta vaga da chave, a seleção de Tite joga no Nilton Santos, às 21h, contra o líder do outro grupo, também no dia 2.

As semifinais estão previstas para os dias 5 (20h, no Nilton Santos) e 6 (22h, no Mané Garrincha) de julho. A disputa do terceiro lugar está marcada para 9 de julho, às 21h, em Brasília. A final da Copa América será em 10 de julho, às 21h, no Maracanã, no Rio de Janeiro.

Edição: Fábio Lisboa

Continue lendo

Esporte

Em meio a maratona, Corinthians decide futuro na Copa Sul-Americana

A partida desta quinta-feira (13), contra o Peñarol (Uruguai), às 21h30 (horário de Brasília), no estádio Campeón del Siglo

Publicado

em

A partida desta quinta-feira (13), contra o Peñarol (Uruguai), às 21h30 (horário de Brasília), no estádio Campeón del Siglo, na capital uruguaia Montevidéu, é decisiva para o Corinthians. Na fase de grupos da Copa Sul-Americana, ao contrário da Libertadores, apenas o melhor time de cada chave avança à segunda fase. Com dois jogos pela frente, o Timão tem quatro pontos, na segunda posição do Grupo E, cinco pontos atrás do próprio Peñarol. Portanto, somente a vitória interessa à equipe brasileira.

Só que o Alvinegro vive uma maratona de decisões. Na terça-feira (11), com força máxima, goleou a Inter de Limeira por 4 a 1 na Neo Química Arena, em São Paulo, classificando-se às semifinais do Campeonato Paulista. A equipe dirigida pelo técnico Vagner Mancini já deve voltar a campo pelo Estadual neste fim de semana para disputar vaga na final. O adversário será definido com base no resultado dos outros confrontos do mata-mata.

O treinador poupou da viagem a Montevidéu o lateral Fagner, os zagueiros Jemerson e João Victor, o volante Gabriel e os meias Luan e Ramiro, todos potenciais titulares. O provável Timão diante do Peñarol terá a seguinte escalação: Cássio; Luis Mandaca, Bruno Méndez, Gil e Fábio Santos; Camacho, Xavier e Mateus Vital; Gustavo Mosquito, Léo Natel e Jô.

“É importante quando você tem decisões na terça, na quinta, no outro domingo. Para isso, a gente tem que respeitar a recuperação de cada atleta. Hoje, temos um elenco um pouquinho maior para suprir exatamente essa deficiência. Ao mesmo tempo, você tem mais mãos querendo ajudar”, declarou Mancini em entrevista coletiva.

Líder do Grupo E, o Peñarol encaminha a classificação à segunda fase em caso de vitória e pode até celebrá-la de forma antecipada se o River Plate (Paraguai) não derrotar o Sport Huancayo (Peru) no duelo que também começa às 21h30 desta quinta-feira, no estádio Defensores del Chaco, na capital paraguaia Assunção. Os aurinegros não perdem há sete jogos, com quatro triunfos consecutivos. Um deles justamente sobre o Corinthians: 2 a 0, há duas semanas.

O time do técnico Maurício Larriera estrearia no último fim de semana na edição 2021 do Campeonato Uruguaio, contra o Plaza Colonia, mas o jogo foi adiado para o começo de junho. Com força máxima à disposição, o Peñarol deve atuar com: Kevin Dawson; Juan Acosta, Fabricio Formiliano, Gary Kagelmacher e Joaquín Piquerez; Walter Gargano, Jesús Trindade, Giovanni González, David Terans e Facundo Torres; Agustín Martínez.

Continue lendo

Esporte

Fluminense recebe River Plate no Maracanã na estreia da Libertadores

Esta quinta-feira (22) ficará na memória dos tricolores cariocas, pois, após um hiato de oito anos, o Fluminense volta

Publicado

em

Esta quinta-feira (22) ficará na memória dos tricolores cariocas, pois, após um hiato de oito anos, o Fluminense volta a disputar uma partida pela Taça Libertadores da América. E a caminhada em busca da glória eterna começa contra o River Plate (Argentina), a partir das 19h (horário de Brasília), no estádio do Maracanã. Brasileiros e argentinos estão no Grupo D junto com Santa Fe e Junior Barranquilla, ambos da Colômbia.

“O que nos colocará na condição de brigar por este título é a classificação para as oitavas de final. A partir daí, tudo se iguala”, afirma Fred. O veterano atacante de 37 anos é um dos trunfos do técnico Roger Machado para estrear com sucesso na competição.

O Tricolor vem de vitória de 1 a 0 sobre o Botafogo pelo Campeonato Carioca com uma trinca de volantes (Yago Felipe, Martinelli e Wellington) que pode ser repetida esta noite. Dos cinco reforços recém-contratados, não jogam o atacante argentino naturalizado paraguaio Raúl Bobadilla, por falta de documentação, e o zagueiro David Braz, que recupera do novo coronavírus (covid-19).

Já os argentinos chegam à estreia na Libertadores após golearem o Central Córdoba por 5 a 0 pelo Campeonato Argentino. Com quatro Libertadores no currículo (1986, 1996, 2015 e 2018) e o mesmo técnico desde 2014, Marcelo Daniel Gallardo (campeão da competição como jogador e treinador), o River Plate é um dos favoritos a ficar com o título da atual edição da Libertadores.

 

Continue lendo

Trending